9 eventos ao vivo

Time alemão da 4ª divisão inspira ideia no Corinthians de vender ingresso para jogo fictício

23 abr 2020
11h03
atualizado às 11h03
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

O presidente do Conselho Deliberativo do Corinthians, Antonio Goulart, enviou uma carta ao presidente do clube, Andrés Sanchez, para propor a venda de ingressos para um jogo fictício.

A campanha foi nomeada por Goulart como "O jogo da vida" e custaria de R$ 5,00 a R$ 200,00. Os torcedores que que comprassem a entrada para a partida que jamais acontecerá receberiam os ingressos em casa, com dados pessoais e também da partida gravados, além de uma revista do evento.

A Arena Corinthians não recebe um jogo de verdade desde 15 de março

A informação foi publicada inicialmente pelo globoesporte.com e tem o interesse em amenizar os efeitos financeiros causados pela paralisação do futebol devido ao novo coronavírus.

O plano está em análise e divide opiniões dentro do clube. A Gazeta Esportiva apurou que a inspiração surgiu a partir da iniciativa do Lokomotiv Leipzig, time da 4ª divisão da Alemanha que há duas semanas conseguiu vender 125 mil ingressos para um jogo invisível. Na ocasião, o dinheiro foi usado para pagar 300 jogadores jovens e funcionários do clube.

Antes mesmo do Corinthians, a Portuguesa resolveu apostar na ideia e fará seu jogo fictício no próximo sábado, com direito a transmissão direto do Canindé por meio das redes sociais.

Na última quarta-feira, Andrés Sanchez concedeu diversas entrevistas e reconheceu que a queda de receita não permitirá ao clube honrar com os salários dos jogadores. O mandatário ainda revelou que a folha salarial do time principal masculino do Corinthians é de R$ 12,3 milhões.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade