0

Sub-20 e Avelar em baixa aceleram busca por lateral no Corinthians

1 dez 2018
09h03
atualizado às 09h03
  • separator
  • comentários

O Corinthians já definiu alguns alvos e até deixou adiantadas as contratações do volante RIchard, do Fluminense, e do atacante André Luis, da Ponte Preta, mas uma prioridade da diretoria é buscar um nome para a lateral esquerda. Ainda que confie na evolução de Carlos Augusto, o Timão vê o jovem sem substituto com o momento ruim de Danilo Avelar.

Contratado para substituir Sidcley e um Juninho Capixaba muito aquém das expectativas, Avelar perdeu a posição para o jovem na reta final da temporada. O clube não deve se esforçar para mantê-lo e renovar seu vínculo de empréstimo, válido até a metade de 2019. O problema é que, sem ele, não há uma outra opção para o setor além de um jovem de 19 anos, com apenas oito jogos na equipe profissional.

Para piorar, Carlos deve perder toda a pré-temporada de uma equipe em reconstrução. Presença constante nas convocações da Seleção sub-20, ele deve ser chamado para disputa do Sul-Americano da categoria, que terá lugar entre janeiro e fevereiro. Além de não estar na preparação, o jovem deve voltar apenas entre a sexta e a sétima rodada do Paulista, já na metade da fase de classificação.

Alternativas para a posição, Guilherme Romão, emprestado ao Oeste, Moisés, emprestado ao Botafogo até o final de dezembro, e Capixaba, cedido ao Grêmio até o final do Estadual, não agradaram nas chances que tiveram. Enquanto o primeiro e o segundo estão praticamente descartados pela forma que pensa a provável comissão técnica do ano que vem, comandada por Fábio Carille, o segundo tem uma pequena esperança para voltar.

Elogiado internamente pelo desempenho nos meses com o Grêmio, Capixaba foi uma aposta pessoal do antigo treinador, que considera necessário um tempo maior de adaptação para um jovem como ele. Autor de dois gols com a camisa dos gaúchos, ele pode ter a situação reavaliada ao final do vínculo.

Como grandes investimentos devem ficar voltados a posições mais ofensivas, como atacantes de lado e centroavantes, é improvável que o Alvinegro se reforce com nomes de destaque no Brasileiro. Ayrton Lucas, do Fluminense, foi procurado, mas não houve um andamento nas conversas. A avaliação é que, ao final do Brasileiro, com a definição da situação dos cariocas quanto ao rebaixamento, é que haverá algum seguimento..

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade