PUBLICIDADE
Logo do

Corinthians

Meu time

Sem Willian, Corinthians tenta iniciar bem o 2º turno contra Atlético-GO

Time comandado por Sylvinho tenta chegar ao sexto jogo consecutivo sem derrota no Brasileirão

12 set 2021 05h10
| atualizado às 05h10
ver comentários
Publicidade

Com os reforços de Willian, Renato Augusto, Roger Guedes e Giuliano, o Corinthians pretende fazer um segundo turno de Campeonato Brasileiro mais sólido do que foi o primeiro. E o passo inicial em busca dessa boa campanha será dado contra o Atlético-GO, neste domingo, às 18h15 (de Brasília), no Estádio Antônio Accioly. Será o reencontro de Sylvinho contra a equipe que enfrentou em sua estreia pelo Corinthians.

As duas equipes começam a segunda metade da competição próximas uma da outra na tabela. O Corinthians está em sexto com 28 pontos, enquanto o Atlético-GO, com um jogo a menos, ocupa a oitava posição e soma, até o momento, 25 pontos no torneio.

Além de não ter vencido o Dragão este ano, o Corinthians foi incapaz de superar a defesa da equipe goianiense nas três partidas disputadas pelas duas equipes em 2021. Foram duas derrotas (0x1 e 0x2 na Neo Química Arena) e um empate sem gols no jogo de volta da Copa do Brasil que culminou na eliminação corintiana da competição.

A equipe de Sylvinho que viaja para Goiânia, contudo, é bem diferente das escalações que entraram em campo nos duelos anteriores. O Corinthians terá à disposição todos os recém-contratados Roger Guedes, Giuliano e Renato Augusto, que devem ser titulares no ataque ao lado de Jô, que voltou a treinar nesta sexta-feira após o falecimento do sogro. O atacante Willian, que vem treinando com a equipe, estava relacionado e poderia reestrear, mas a Anvisa informou que, se entrasse em campo, o atleta descumpriria regras sanitárias para quem chegou ao Brasil saindo do Reino Unido.

Gil, suspenso por ter levado o terceiro cartão amarelo, e o meio-campista Adson, que sofreu uma lesão na perna esquerda e não atua desde a vitória sobre o Athletico-PR, são desfalques certos para o confronto de domingo. O jovem de 20 anos até participou do treino desta sexta-feira, mas ainda está em fase de transição com a equipe de preparação física do clube.

Para o lugar do zagueiro, a opção será a de Raul Gustavo, que fez a composição da linha defensiva com Fagner, João Victor e Fábio Santos no treinamento desta sexta. Apesar de ter atuado pouco com Raul em dupla, o parceiro João Victor está confiante no entrosamento com o companheiro.

"A expectativa é a melhor possível. Joguei com Raul aqui mesmo no profissional, quando a gente estava jogando com linha de três. Nós dois como dupla será a segunda vez. Ele tem muita qualidade, tenho certeza que vai entrar em campo e agregar muito à nossa equipe" afirmou João Victor, que .

Além dos reforços, o Corinthians tem motivos para confiar no desempenho do time quando a equipe joga fora de casa. Se o retrospecto como mandante ainda deixa a desejar nesse Campeonato Brasileiro - foram apenas duas na Neo Química Arena - como o visitante o Corinthians conseguiu cinco vitórias das sete que tem no torneio.

Pelo lado do Atlético-GO, o técnico Eduardo Barroca não poderá contar com os atacantes Janderson e André Luís, que pertencem ao Corinthians e hoje atuam pelo Dragão por empréstimo. Ambos serão desfalques por questões contratuais.

"Não sou um treinador de lamentar ausências. Não vamos ter Janderson e André Luís, então é a oportunidade para outros jogadores terem espaço. Todos têm a confiança do treinador e do clube. Que façam um grande jogo no domingo", comentou Barroca nesta sexta-feira.

O treinador do Atlético-GO contará com os retornos de Dudu e Natanael que, apesar de atuarem pelas laterais, podem ser utilizados por Barroca para fortalecer o sistema ofensivo pelas pontas e escalá-los atuando próximos de Arnaldo pela direita, e Igor Cariús pela esquerda. Ronald e Toró também podem ser opções para substituir os desfalques, mas ambos os jogadores ainda não conseguiram emplacar uma forte sequência com o treinador.

FICHA TÉCNICA:

ATLÉTICO-GO X CORINTHIANS

ATLÉTICO-GO - Fernando Miguel; Dudu, Wanderson, Éder e Igor Cariús; Willian Maranhão, Baralhas e João Paulo; Arnaldo (Ronald), Zé Roberto e Natanael (Toró). Técnico: Eduardo Barroca.

CORINTHIANS - Cássio; Fagner, João Victor, Raul Gustavo e Fábio Santos; Gabriel, Giuliano e Renato Augusto; Gustavo Mosquito, Róger Guedes e Jô. Técnico: Sylvinho.

ÁRBITRO - Antonio Dib Moraes de Souza.

HORÁRIO - 18h15.

LOCAL - Goiânia.

Estadão
Publicidade
Publicidade