3 eventos ao vivo

Ralf aceita vaias e reclama de segundo tempo ruim do Corinthians

7 fev 2019
23h27
  • separator
  • comentários

O Corinthians passou sufoco na noite desta quinta-feira e só não foi eliminado da Copa do Brasil de maneira precoce porque Gustagol marcou duas vezes, assegurando o empate por 2 a 2 com o Ferroviário, no estádio do Café, em Londrina. As vaias ressoaram após o apito final, algo visto como aceitável pelo volante Ralf, um dos poucos que se salvou no Alvinegro.

"(Vaiaram) Porque eles queriam a vitória, mas a gente sabia que estávamos enfrentando uma grande equipe, independentemente de ser dentro ou fora de casa", disse o camisa 15, sem deixar de reclamar da postura dos companheiros.

"Só que não podemos chegar aqui, se abater, fazer um bom primeiro tempo e no segundo tempo ficar lá atrás e sofrer com o ataque do Ferroviário", continuou o meio-campista, que defendeu o fato de os alvinegros "enrolarem" para recolocar a bola em jogo em cada parada na etapa final.

"Normal, você joga por uma pequena vantagem e a gente não conseguia ficar com a bola ali na frente. Agora é descansar, ver o que a gente errou e pensar no Paulista", concluiu o jogador.

A igualdade deu a vaga ao Timão devido ao regulamento da primeira fase da Copa do Brasil, que dá ao time visitante, mais bem ranqueado pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF), a vantagem de empatar para seguir ao duelo seguinte.

O clube do Parque São Jorge agora espera o vencedor do duelo entre Avenida-RS e Guarani, marcado para a quarta-feira da semana que vem, dia 13 de fevereiro, em Santa Cruz do Sul. Os paulistas têm a vantagem do empate. Não há data marcada para o embate.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade