0

Próxima rodada pode ligar novo alerta do Corinthians com o Z4

20 nov 2020
08h04
atualizado às 08h04
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

O confronto contra o Grêmio, neste domingo, pela 22ª rodada, tende a ser de grande importância para a sequência do Corinthians no Campeonato Brasileiro. Desde a chegada de Mancini, a equipe chegou aos 25 pontos, saltando do Z4 para a 12ª colocação, mas caiu para a 13º, depois do empate entre Fortaleza e Vasco, na última quinta-feira. Assim, o Timão pode ter o sinal de alerta ligado caso tenha um resultado negativo contra os gaúchos na Neo Química Arena.

Apesar da estar a quatro posições da zona do rebaixamento, a distância é de apenas dois pontos para o Red Bull Bragantino, que abre o Z4. Os quatro times que aparecem logo abaixo podem ultrapassar a equipe alvinegra caso vençam seus jogos e o Timão seja derrotado pelo Grêmio. O Ceará, 14º colocado com 24 pontos, recebe o Atlético-MG no Castelão. Com a mesma pontuação, em 15º, o Atlético-GO visita o Sport na Ilha do Retiro.

Recém-saído do Z4, depois de fazer o jogo atrasado com o Fortaleza e ficar no empate, o Vasco tem 23 pontos e é o atual 16º colocado. Os Cruzmaltinos visitam o São Paulo no Morumbi. Por fim, o Red Bull Bragantino, em 17º com 23, recebe o Bahia no Nabi Abi Chedid já nesta sexta-feira, às 20h.

Ainda que seja difícil toda a combinação destes resultados, fato é que a distância do Corinthians para a zona do rebaixamento pode diminuir, em pontos ou em posições na tabela, caso a equipe não vença o Grêmio e os times que aparecem logo abaixo pontuem na rodada.

Assim, o Timão pode voltar a ligar o alerta da zona do Z4, depois de se distanciar das posições mais baixas com a chegada de Vagner Mancini. Quando fez sua estreia pelo clube, o treinador encontrou a equipe na 17ª colocação, abrindo o Z4. Desde então, foram 10 pontos somados em 18 possíveis (seis jogos), pelo Brasileiro.

Antes de encarar o Grêmio, o Timão realiza mais duas atividades, nesta sexta-feira e no sábado, para fazer os últimos ajustes. A ideia do técnico corintiano é que a equipe mantenha o nível de atuação da primeira etapa contra o Galo, quando a equipe teve intensidade na marcação e boas chegadas em velocidade nos contragolpes.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade