PUBLICIDADE
Logo do

Corinthians

Meu time

Pressionado, Mancini conta com respaldo da diretoria para se garantir no Corinthians

Time faz campanha ruim na Sul-Americana e chega para clássico contra o São Paulo questionado pela torcida

30 abr 2021
17h25 atualizado às 17h25
0comentários
17h25 atualizado às 17h25
Publicidade

A derrota para o Peñarol, nesta quinta, na NeoQuímica Arena, e o risco de ficar de fora da Copa Sul-Americana complicaram de vez a situação do técnico Vagner Mancini no Corinthians. Pressionado pelas exibições ruins da equipe nesta temporada, o treinador já enfrenta forte resistência no clube para dar sequência ao seu trabalho à frente do grupo. Nem mesmo a classificação encaminhada para as quartas de final do Campeonato Paulista Sicredi 2021, parece amenizar a pressão imposta por parte da torcida.

Além de não mostrar um futebol convincente, o Corinthians vem apresentando percalços ao longo da temporada de 2021. Esteve perto de ser eliminado na Copa do Brasil pelo modesto Retrô-PE (venceu nos pênaltis após empate no tempo normal) e na fase de grupos da Sul-Americana está em situação delicada (vice-lanterna do Grupo E com um ponto em duas rodadas).

Mancini encara a situação como natural no futebol, mas minimizou o fato de a torcida estar insatisfeita com seu trabalho. "Pressão a gente vive todo dia e no futebol todos os jogos são decisivos. Sabemos o que estamos fazendo. Fomos superiores e a derrota veio em cima de dois erros", falou o treinador.

Mas o fato é que o treinador já está desgastado com o grupo. O atacante Luan já manifestou seu descontentamento. O desabafo de Fábio Santos em cima da derrota para o Peñarol aumentou a tensão que cerca o trabalho do comandante corintiano.

Os números também mostram que o time não consegue decolar. Sob a batuta de Mancini, foram 18 jogos com oito vitórias, cinco empates e cinco derrotas. Um aproveitamento de 53,7% que aponta para um desempenho mediano. Um mau resultado diante do São Paulo na NeoQuímica neste domingo, pelo Estadual, pode minar de vez o seu trabalho no clube. A semana que se aproxima apresenta um jogo que pode ser definitivo. Na próxima quinta-feira, o confronto é diante do Sport Huancayo fora de casa. Uma nova derrota pode selar de vez a eliminação corintiana na Sul-Americana indicando um cenário ainda mais tenso.

Estadão
Publicidade
Publicidade