PUBLICIDADE
Logo do

Corinthians

Meu time

Piton conta bastidores e Fábio Santos brinca sobre gol de falta: "o meu foi muito mais bonito"

28 abr 2021
19h29 atualizado às 19h29
0comentários
19h29 atualizado às 19h29
Publicidade

Lucas Piton marcou o segundo gol do Corinthians na vitória sobre o Santos por 2 a 0, no último domingo, em plena Vila Belmiro.

E não foi qualquer gol. Além de ter sido o primeiro do lateral esquerdo com a camisa alvinegra, ele saiu em cobrança de falta. Os detalhes, Piton contou à Corinthians TV.

"Saiu a falta, eu vi o Ramiro indo para a bola e já tinha tido a outra falta, que o GP bateu, aí foi eu e o Ramiro e eu falei: 'Ramiro, deixa eu pegar essa'. Ele falou: 'pode pegar, você vai fazer o gol'. Eu estava muito confiante. Peguei a bola, vi que tinha um espacinho onde estava a nossa barreira e a barreira do Santos. Falei: 'vou tentar bater ali e vamos ver o que vai acontecer'. Tive uma felicidade de pegar bem na bola e fazer o gol, graças a Deus".

Depois do jogo, Lucas Piton, ainda no vestiário, recebeu uma ligação de Fábio Santos, 15 anos mais velho e titular da posição.

"Sempre quando acaba o jogo, quando eu jogo, sempre mando mensagem para ele, perguntando como foi, o que ele achou. Todos sabem que eu levo ele como ídolo, uma referência. Tudo que ele ganhou aqui dentro não tem explicação. Ele me ajuda muito, sempre manda mensagem".

Chamado para participar da entrevista, Fábio Santos não perdoou o jovem ao lembrar que seu primeiro gol de falta também foi contra o Santos, em 2011, no Pacaembu.

"Meu primeiro gol foi contra o Santos, de falta, e, diga-se de passagem, muito mais bonito que o do Piton. Na verdade, fiz dois. Está devendo um de pênalti ainda (risos)", brincou o experiente lateral, antes de parabenizar seu concorrente de posição.

Piton ainda lembrou que João Victor não queria que ele chutasse aquela bola no gol.

"Estava eu e o Ramiro conversando, aí veio o João e disse: 'Piton, joga na área'. Eu falei: 'não, vou bater no gol. Estou muito confiante, vou bater no gol'. Ele: 'não, não sei o que, joga na área'. Eu falei: 'não. Vou bater no gol'. Aí ele já foi para a área meio bravo".

Nessa quinta-feira, o Corinthians vai encarar o Peñarol, pela Copa Sul-Americana, às 19h15, na Neo Química Arena. Fábio Santos deve ser o titular dessa vez.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Publicidade
Publicidade