PUBLICIDADE
Logo do

Corinthians

Meu time

Para Cássio, melhor desempenho em casa poderia deixar o Corinthians em 'posição de Libertadores'

Goleiro observa que pontos desperdiçados em casa colocariam a equipe na zona de classificação para a próxima edição da Copa Libertadores

30 jul 2021 14h34
| atualizado às 14h42
ver comentários
Publicidade

O goleiro Cássio acredita que o Corinthians poderia estar em posições mais elevadas na tabela do Campeonato Brasileiro caso tivesse um desempenho melhor jogando em casa.

Cássio esta prestar a completar 10 anos no Corinthians (Foto: Rodrigo Coca/Ag.Corinthians)
Cássio esta prestar a completar 10 anos no Corinthians (Foto: Rodrigo Coca/Ag.Corinthians)
Foto: Lance!

Neste momento, o Timão é o 10º colocado na competição nacional, com 17 pontos, quatro a menos que o primeiro time na zona de classificação à Libertadores, o Flamengo, adversário corintiano neste domingo (1º), às 16h, na Neo Química Arena, pela 14ª rodada do Brasileirão.

- A gente sabe que vai enfrentar grande equipe, jogando há dois, três anos juntos, vem em um momento muito bom, mas vamos jogar na nossa casa precisamos ser mais regulares na nossa casa, viemos de uma vitória importante fora de casa, o que estamos pecando de estar em uma posição melhor são os resultados em casa que estamos perdendo pontos e se não estivéssemos poderíamos estar em posição de Libertadores, jogo do Flamengo é difícil, mas precisamos nos impor em casa e com todo respeito ao Flamengo ir em busca da vitória - afirmou o goleiro em entrevista coletiva virtual concedida nesta sexta-feira (30).

Em seis jogos dentro dos seus domínios, o Time do Povo venceu apenas um, e faz mais de um mês, no dia 24 de junho, contra o Sport, por 2 a 1, na sexta rodada da competição. Além do triunfo solitário, foram três derrotas e dois empates.

A ausência de torcida, por conta da pandemia do novo coronavírus, é fator que pesa no retrospecto negativo. Cássio, que está no Timão há nove anos, não esconde a saudade de ver o torcedor corintiano em Itaquera, mas mantém cautela sobre o retorno, mesmo com algumas entidades do futebo, como a Conmebol, autorizando a retomada oe público nos estádios, mas apenas sob autorização das Unidades Federativas.

- Não cabe a nós, é mais para o governo essa situação, se pode ou ão torcida. É uma situação que foge a mim. Eu não tenho entendimento sobre questão de saúde. O Flamengo já conseguiu levar torcida para Brasília. Não vejo como desculpa, mas o Corinthians é um dos clubes mais prejudicados sem a torcida. Eu tô quase 10 anos no clube e vi jogos que as equipes adversários estavam até melhor, mas com a força da nossa torcida conseguimos virar os placares que ninguém imaginava, que conseguiríamos. Lógico que estamos sentindo muita fata da torcida. Queremos o mais rápido possível a nossa torcida no estádio, mas tem que ser algo organizado e em consenso. Ficaremos muito feliz quando a nossa torcida puder ir ao estádio - comentou o goleiro.

Em 2020, primeira temporada sem torcedores no estádio, o Corinthians registrou os seus piores números na Neo Química Arena, desde a inauguração do estádio, em 2014, com 52,6% de aproveitamento. Já em 2021, os registros, até o momento, são ainda piores, com 48,1%. São sete vitórias, cinco empates e seis derrotas, em 18 jogos.

Lance!
Publicidade
Publicidade