PUBLICIDADE
Logo do Corinthians

Corinthians

Favoritar Time

Organizada do Corinthians protesta contra Melo e PM é acionada no Parque São Jorge

No Z-4 do Brasileirão, clube paulista vive crise sem fim e vê tensão entre torcida e direção aumentar

20 jun 2024 - 17h39
(atualizado às 22h50)
Compartilhar
Exibir comentários
Augusto Melo é alvo de protestos
Augusto Melo é alvo de protestos
Foto: ESTADAO CONTEUDO / ESTADAO CONTEUDO / Estadão

O clima no Corinthians continua conturbado. Na tarde desta quinta-feira, dia 20 de junho, um grupo de torcedores de uma organizada do clube alvinegro foi até o Parque São Jorge e protestaram contra a gestão de Augusto Melo, presidente da equipe paulista, e o atual momento da equipe.

Segundo informações do ge, cerca de 30 pessoas participaram do protesto. O grupo tentou entrar no Parque São Jorge pelo hall social, mas foi barrado. Eles, então, entraram no clube pela entrada do estacionamento e conversaram com alguns membros da diretoria corintiana no auditório da sede da equipe.

Marcelo Mariano, o diretor administrativo da equipe, Vinicius Cascone, o secretário-geral, Claudinei Alves e Valmir Costa, diretores da base e Romeu Tuma, o presidente do Conselho Deliberativo, participaram da conversa.

A Polícia Militar chegou a ser acionada e chegou no Parque São Jorge com oito viaturas. Ainda de acordo com o ge, alguns funcionários do clube trancaram as portas que dão acesso ao prédio administrativo para evitar que os torcedores entrassem.

Os protestos ocorrem em decorrência da crise no Corinthians nas últimas semanas. No dia 7 de junho, a Vai de Bet, antiga patrocinadora master do clube, rescindiu o contrato após suspeitas de desvio de dinheiro no repasse do valor acordado.

Desde então, a equipe enfrenta crise após crise dentro e fora de campo. Após derrota para o Internacional na noite desta quarta-feira, dia 19, o clube está no Z-4 e vê seu treinador, o português António Oliveira, ser contestado.

Estadão
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade