2 eventos ao vivo

Lembre o que aconteceu na última vez que o Corinthians jogou depois de um protesto

21 set 2019
06h03
atualizado às 06h03
  • separator
  • 0
  • comentários

A principal organizada do Corinthians foi à porta do CT Joaquim Grava na manhã desta sexta-feira para cobrar uma mudança de postura de jogadores e, principalmente, do técnico Fábio Carille.

Nesse sábado, às 19h, o Timão recebe o Bahia, na Arena de Itaquera, pela 20ª rodada do Campeonato Brasileiro. Na quarta, o time vai a Quito tentar um milagre contra o Del Valle, pela semifinal da Copa Sul-Americana.

Mas você lembra quando havia sido o último protesto de torcedores corintianos na porta do CT? E o que aconteceu logo na sequência? Não faz tanto tempo assim.

Em 16 de novembro do ano passado, cerca de 300 torcedores não só foram ao local de treinamento do time como entoaram cânticos de ameaça e ainda chegaram a se reunir com dirigentes e Jair Ventura, técnico à época.

Apesar do tom um pouco mais leve na cobrança desta sexta, há algumas semelhanças com os dois momentos. Assim como em 2018, o Corinthians jogará no sábado, em casa, com 26 mil ingressos vendidos de maneira antecipada e contra um adversário direto na tabela do Brasileirão.

Há dez meses, o confronto era pela luta contra o rebaixamento. Hoje é para se manter no pelotão de cima. Mas, assim como nesse sábado, o rival tem apenas um ponto a menos que os corintianos na competição.

No fim, o Corinthians venceu o Vasco por 1 a 0 com gol de Mateus Vital e respirou aliviado, apesar de todo sofrimento. Agora, tanto a Fiel quanto o elenco esperam que essa coincidência também se repita frente aos baianos para que os três pontos aliviem a pressão de todos os lados.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade