PUBLICIDADE
Logo do

Corinthians

Meu time

Jô disputou seu primeiro Dérbi pelo Corinthians há mais de 17 anos

Revelado na base do Timão, centroavante estreou no clássico em 2004, quando tinha 17 anos. De lá para cá já são 12 Dérbis pelo Alvinegro e quatro gols marcados

24 set 2021 09h04
| atualizado às 09h04
ver comentários
Publicidade

O Corinthians tem um time de jogadores experientes em Dérbis dentro do elenco. Seis deles disputaram mais de dez clássicos contra o Palmeiras defendendo as cores alvinegras. No entanto, nenhum deles é tão antigo no assunto quanto Jô, que disputou seu primeiro clássico contra o rival há 17 anos.

Jô disputou seu primeiro Dérbi pelo Corinthians em maio de 2004 (Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians)
Jô disputou seu primeiro Dérbi pelo Corinthians em maio de 2004 (Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians)
Foto: Lance!

TABELA

GALERIA

Aos 34 anos de idade, Jô está em sua terceira passagem pelo Timão, sendo a primeira delas quando foi promovido do Terrão para a equipe profissional, entre 2003 e 2005. Foi nesse período que o centroavante teve sua estreia em Dérbis. No dia 2 de maio de 2004, aos 17 anos, o jovem entrava em campo para seu primeiro duelo com o Verdão, que levou a melhor em goleada por 4 a 0.

Naquele dia, o Corinthians atuou com a seguinte escalação: Fábio Costa; Coelho, Anderson, Váldson e Renato Abreu; Wendel, Rincón, Rodrigo Beckham e Piá; Gil e Jô. Entraram depois: Rosinei, Marcelo Ramos e Wilson.

De lá para cá, Jô disputou ao todo 12 Dérbis, com cinco vitórias, três empates e quatro derrotas. O último deles aconteceu na semifinal do Paulistão-2021, em que o Timão acabou sendo eliminado pelo rival após derrota por 2 a 0.

Nesse histórico, Jô anotou quatro gols pelo Corinthians diante do Palmeiras. O primeiro foi marcado no dia 29 de agosto de 2004, ou seja, há mais de 17 anos. O tento foi decisivo para a vitória alvinegra por 1 a 0, pelo Brasileirão.

A trajetória de gols decisivos de Jô contra o Verdão continuou em sua segunda passagem, em 2017, quando marcou no fim de um jogo pelo Paulistão, em que o rival era amplo favorito e tinha um a mais em campo. Com apenas três minutos em campo, ele deu a vitória para o Timão. Depois, pelo Brasileirão do mesmo ano, ele anotou o terceiro no 3 a 2 que praticamente decidiu o título.

Em 2020, já em sua terceira passagem, Jô novamente mostrou sua estrela quando sofreu um pênalti no último minuto da final do Paulistão. Ele mesmo bateu e converteu para empatar a partida em 1 a 1 e levar a decisão para os pênaltis. Nas cobranças, porém, o Palmeiras acabou conquistando o título.

Neste sábado, às 19h, na Neo Química Arena, a titularidade de Jô é uma incógnita, mas certamente ele será uma peça importante na preparação do time pela vasta experiência no Dérbi e pelo seu poder de decisão no duelo.

Lance!
Publicidade
Publicidade