0

Idade e característica: os motivos de Jadson estar no banco do Corinthians

6 abr 2019
07h18
  • separator
  • 0
  • comentários

O meia Jadson briga para ser titular da equipe do Corinthians na partida contra o Santos, segunda-feira, às 20h (de Brasília), no estádio do Pacaembu, mas algumas condições têm de aparecer para que o técnico Fábio Carille prefira ele ao equatoriano Júnior Sornoza. Um jogo mais lento ou contra um time que não tenha tanta transição ofensiva são pontos desejados para a utilização do camisa 10.

"Posso pensar muito nisso, quando a equipe adversária não tiver tanto volume por dentro, coloco o Jadson", explicou Carille, que considera os 35 anos do jogador como um peso na decisão. Na avaliação dele, porém, as características do atleta já apontavam neste sentido.

"Não acredito no Jadson para fazer esse jogo mais intenso, um porque nunca foi a dele e dois pela idade, tem que respeitar. Mas é bom tê-lo porque é o jogador mais lúcido para achar esse passe no campo de ataque", continuou o comandante corintiano.

Carille, aliás, acredita que o Alvinegro terá muitas chances de fazer gol no duelo contra o Santos, segunda-feira. "Vão aparecer, temos que estar prontos para aproveitá-las", previu o treinador, de olho em sua terceira final consecutiva de Campeonato Paulista.

Por ter vencido o primeiro jogo por 2 a 1 na Arena, o Alvinegro da capital precisa de apenas um empate para chegar à decisão da competição. Vitória por um gol de diferença do Peixe leva a decisão para os pênaltis, enquanto triunfos por dois ou mais tentos classificam o adversário no tempo normal.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade