1 evento ao vivo

Há 20 anos, Dida brilhava e defendia as cobranças de pênalti de Raí

28 nov 2019
15h41
atualizado às 15h42
  • separator
  • 0
  • comentários

Dia 28 de novembro de 1999, primeira semifinal do Campeonato Brasileiro, no Morumbi. Há 20 anos, o Corinthians enfrentava o São Paulo disputando uma vaga na grande decisão do nacional e contou com uma atuação brilhante de Dida, que defendeu duas cobranças de pênalti de Raí.

Já com 3 a 2 no placar para o Timão, o Tricolor teve a primeira penalidade a seu favor aos 17 minutos do segundo tempo. Raí bateu no canto esquerdo e Dida saltou para defender. Já aos 46, o São Paulo teve nova cobrança de pênalti assinalada e o camisa 10 foi para a bola novamente. Dessa vez, bateu no canto direito e o goleiro do Corinthians pulou para defender e garantir a vitória do Alvinegro.

Dida foi um dos grandes nomes da conquista do Campeonato Brasileiro de 1999 (Foto: Divulgação/Corinthians)
Dida foi um dos grandes nomes da conquista do Campeonato Brasileiro de 1999 (Foto: Divulgação/Corinthians)
Foto: Gazeta Esportiva

Depois de vencer o primeiro jogo por 3 a 2, o Corinthians voltou a bater o São Paulo na partida de volta, também no Morumbi, pelo placar de 2 a 1. Ricardinho e Edílson marcaram para o Timão, enquanto Vágner fez o único do Tricolor.

Na sequência, o Corinthians sagrou-se campeão brasileiro após a disputa de três partidas contra o Atlético-MG. O Galo venceu o primeiro jogo, no Mineirão, por 3 a 2, e o Timão derrotou os mineiros por 2 a 0, no Morumbi. No confronto de desempate, as equipes empataram sem gols e, por ter a vantagem, o Corinthians acabou conquistando o título.

Dida atuou pelo Corinthians por quatro temporadas e disputou 76 partidas. Pelo Timão, o goleiro conquistou o Brasileirão de 1999, o Mundial de Clubes em 2000 e a Copa do Brasil em 2002.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade