0

Dengue é confirmada, e Guerrero segue sem previsão de alta

14 abr 2015
10h51
atualizado às 10h58
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

O que já era quase certeza se confirmou após os últimos exames. O Hospital São Luiz, em São Paulo, anunciou que o atacante Paolo Guerrero está mesmo com dengue. Internado desde o fim de semana, o jogador do Corinthians segue sem previsão de alta.

Guerrero deve ficar no mínimo mais duas semanas sem condição de jogar
Guerrero deve ficar no mínimo mais duas semanas sem condição de jogar
Foto: Rodrigo Gazzanel / Futura Press

Guerrero começou a apresentar febre de sexta-feira para sábado e foi cortado da partida contra a Ponte Preta, pelas quartas de final do Campeonato Paulista. Os primeiros exames levaram a crer que não se tratava de dengue, mas o quadro se inverteu, e a doença foi agora confirmada.

Se o hospital não dá prazo de alta, o departamento médico do Corinthians estima que o centroavante só será liberado para voltar aos treinamentos em 15 dias, sendo ainda necessário um período posterior para preparação física. Isso significa que o peruano muito dificilmente voltará a atuar no Paulista, com pequena chance para a eventual segunda partida da decisão, marcada para 3 de maio.

O jogador já está descartado dos duelos com San Lorenzo e São Paulo, pela Copa Libertadores, e só jogará de novo na competição internacional se o time confirmar sua classificação. O contrato do camisa 9 com o Corinthians vai até 15 de julho.

Com informações de Gazeta Esportiva

Fonte: Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade