PUBLICIDADE
Logo do

Corinthians

Meu time

Gabriel Pereira lamenta empate no fim, mas valoriza a reação do Corinthians: 'Força para virar'

Timão sofreu empate do Internacional aos 47 minutos do segundo tempo depois de conseguir uma virada no Beira-Rio. Jovem meia-atacante já projetou o próximo jogo

24 out 2021 18h45
| atualizado às 18h46
ver comentários
Publicidade

O Corinthians enfrentou um confronto direto neste domingo, contra o Internacional, no Beira-Rio. Depois de sair atrás no placar, conseguiu a virada, mas acabou sofrendo o empate no fim do jogo, deixando o marcador em 2 a 2. O "castigo" no fim foi muito lamentado, mas houve também a valorização do poder de reação da equipe, que novamente não teve uma boa atuação.

Gabriel Pereira foi eleito o melhor em campo em transmissão da TV Globo (Foto: Rodrigo Coca/Ag. Corinthians)
Gabriel Pereira foi eleito o melhor em campo em transmissão da TV Globo (Foto: Rodrigo Coca/Ag. Corinthians)
Foto: Lance!

TABELA

GALERIA

Em entrevista na saída de campo, Gabriel Pereira, que deu assistência para o gol de Giuliano e foi eleito o melhor em campo pela transmissão da TV Globo, lamentou a igualdade no placar, mas fez questão de valorizar os méritos do time, que conseguiu reagir atuando fora de casa diante de um adversário forte.

- Fico feliz por receber esse troféu, infelizmente a gente sofreu o empate no fim, mas feliz pelo desempenho da equipe, por ter brigado, por ter buscado a virada e agora é preparar para o próximo jogo - declarou o jovem.

GP também foi questionado sobre o que Sylvinho orientou no intervalo para que o Timão pudesse voltar melhor para a segunda etapa e conseguir a virada com gols de Giuliano e Fábio Santos, de pênalti. Para ele, o essencial foi a equipe ter ficado mais compactada e a confiança na possibilidade de virar.

- Ele pediu para a gente jogar junto, o fundamental foi a equipe estar junto, estar unida e a gente sabe que tem muita força para poder virar.

Agora, Gabriel Pereira e seus companheiros focam na preparação para enfrentar a Chapecoense, na segunda-feira, dia 1º de novembro, na Neo Química Arena, que vai poder receber 100% de sua capacidade. A esperança é de voltar a vencer para voltar a encostar no G4 do Campeonato Brasileiro.

- A gente tem uma semana cheia, a gente espera trabalhar forte e sair com a vitória diante da nossa torcida - finalizou o meia-atacante.

Lance!
Publicidade
Publicidade