PUBLICIDADE
Logo do

Corinthians

Favoritar Time

Fábio Santos artilheiro e duas expulsões: como foi o primeiro Majestoso na Arena do Corinthians

No Brasileirão de 2014, Fábio Santos marcou duas vezes, foi expulso, e o Timão venceu o São Paulo por 3 a 2

21 mai 2022 06h38
ver comentários
Publicidade

No domingo (22) às 16h, Corinthians e São Paulo voltam a protagonizar um Majestoso na Neo Química Arena, em duelo válido pela sétima rodada do Brasileirão. Até o momento, o clássico já foi disputado 15 vezes em Itaquera, e o clube alvinegro jamais saiu derrotado para o Tricolor do Morumbi. São 10 vitórias para o Timão e cinco empates.

Primeiro Majestoso da Neo Química Arena aconteceu em 2014 (Foto: Rodrigo Coca / Ag. Corinthians)
Primeiro Majestoso da Neo Química Arena aconteceu em 2014 (Foto: Rodrigo Coca / Ag. Corinthians)
Foto: Lance!

O primeiro Majestoso na Arena do Corinthians ocorreu no dia 21 de setembro de 2014, pela 23ª rodada do Campeonato Brasileiro. Naquela ocasião, Mano Menezes escalou a equipe com: Cássio, Fagner, Anderson Martins, Gil e Fábio Santos; Ralf, Bruno Henrique, Renato Augusto e Danilo; Malcom e Guerrero.

Do time titular, cinco seguem no elenco alvinegro, porém apenas o goleiro Cássio disputou os 15 clássicos na Neo Química Arena. Pelo lado do São Paulo, Muricy Ramalho escalou o São Paulo com: Denis; Auro, Rafael Toloi, Edson Silva e Álvaro Pereira; Denilson, Souza e Kaká; Ganso, Alan Kardec e Luis Fabiano.

O time visitante abriu o placar aos cinco minutos, com Souza. Contudo, aos 35 da etapa inicial, Malcom chutou de fora da área, Denis rebateu e a bola resvalou na mão de Antônio Carlos, que substituiu Rafael Toloi, machucado.

Luiz Flavio de Oliveira assinalou pênalti e Fábio Santos converteu, igualando a partida. Contudo, o São Paulo voltou a ficar em vantagem no primeiro tempo. Aos 44 minutos, após bola cruzada na área do Timão, Edson Silva recolocou o Tricolor em vantagem.

O Corinthians se lançou ao ataque no segundo tempo e empatou a partida aos 20 minutos. Em contra-ataque iniciado por Malcom, Guerrero invadiu a área e, na hora de finalizar, recebeu um carrinho de Álvaro Pereira. O lateral uruguaio foi expulso por Luiz Flávio, e novamente Fábio Santos converteu o pênalti.

Com cerca de 35 mil torcedores corintianos na Arena, o Timão virou a partida oito minutos depois. Guerrero tabelou com Danilo, recebeu na área e, com leve toque, bateu sem chances para Dênis, colocando a equipe da casa na frente por 3 a 2.

No final da partida, aos 39 minutos da etapa final, Fábio Santos, herói corintiano na partida, foi expulso após carrinho em Osvaldo. O Corinthians suportou a pressão do São Paulo nos minutos finais, e derrotou o rival no primeiro Majestoso da Neo Química Arena.

Lance!
Publicidade
Publicidade