0

Entenda por que Pedrinho pode ser tão importante para o Corinthians

12 fev 2020
07h14
atualizado às 07h14
  • separator
  • 0
  • comentários

Com a missão de reverter a derrota sofrida na primeira partida para o Guaraní, o Corinthians deve contar com uma arma importante nesta quarta-feira. Pedrinho retornou da Seleção Brasileira após a disputa do torneio pré-olímpico, treinou normalmente na terça-feira e deve ser titular na decisão pela Libertadores.

Para entender a importância de Pedrinho no Corinthians, vale observar a diferença entre os aproveitamentos do Timão com e sem o meia em 2019. Na temporada passada, o jogador disputou 57 partidas pelo Alvinegro e ficou de fora em 17 jogos.

Pedrinho voltou a treinar na terça-feira e deve ser titular contra o Guaraní

Com Pedrinho em campo, o Corinthians venceu 25 vezes, empatou outras 19 e foi derrotado em 13 ocasiões, o que equivale a um aproveitamento de 54% dos pontos disputados. Sem o jogador, o Timão venceu quatro partidas, empatou outras sete e perdeu seis confrontos, fazendo o aproveitamento despencar para 37%.

O ano passado também foi o mais positivo de Pedrinho em termos de produção ofensiva. O jogador marcou sete gols, além de ter colaborado com sete assistências. Em 2017, o meia anotou apenas um tento, enquanto balançou as redes três vezes em 2018.

O retorno de Pedrinho à equipe titular coincide com a desconfiança que Janderson desperta. O atacante assumiu a vaga de titular pela direita com a ausência do meia e a lesão de Ramiro, que era o dono da posição no início da temporada. Apesar de ter marcado um gol na vitória sobre o Santos, Janderson ainda não se firmou e peca pela inexperiência em alguns momentos.

Sem Pedrinho, o Corinthians ainda patina em 2020. Desconsiderando a Copa Flórida, o Timão disputou seis partidas oficiais na temporada, sendo cinco pelo Campeonato Paulista e uma pela Libertadores. Até o momento, são duas vitórias, um empate e três derrotas.

A partida de volta entre Corinthians e Guaraní acontece nesta quarta-feira, às 21h30, na Arena. A equipe que avançar à terceira fase da Libertadores terá pela frente o Palestino, do Chile, ou o Cerro Largo, do Uruguai. No primeiro confronto, as equipes empataram em 1 a 1.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade