2 eventos ao vivo
Logo do Corinthians
Foto: Daniel Augusto Jr / Agência Corinthians

Corinthians

Corintiano agredido antes de jogo em Curitiba deixa hospital

18 jun 2017
19h26
atualizado em 19/6/2017 às 08h33
  • separator
  • comentários

Um dos corintianos agredidos na manhã deste domingo em Curitiba teve alta do hospital nesta tarde. Após ser espancado, Jonathan José Gomes Souza da Silva, que chegou a ser dado como morto pelas autoridades locais, foi liberado após uma série de exames e já está a caminho de casa. O torcedor inclusive teria sido flagrado em uma fotografia nos arredores do estádio Couto Pereira surpreendentemente sorrindo e fazendo sinal de positivo.

Em vídeo da confusão divulgado horas mais cedo, o torcedor corintiano aparece gravemente ferido após sofrer uma série de agressões de torcedores do Coritiba. Um deles desferiu uma sequência de chutes na cabeça de Jonathan José.

Horas depois, este último teria sido identificado e preso pelo polícia local. Em trabalho conjunto das Polícias Civil e Militar, João Carlos de Paula, de 24 anos, foi autuado e detido nas arquibancadas do Estádio Couto Pereira. O torcedor do Coritiba, que faz parte da torcida organizada Império Alviverde, responderá por tentativa de homicídio e pode pegar de oito a 20 anos de prisão.

Jonathan José Gomes Souza da Silva chegou a ser dado como morto pelo delegado Clovis Galvão, da Delegacia Móvel de Atendimento a Futebol e Eventos (Demafe). No entanto, a informação foi desmentida logo depois. O torcedor chegou a ser encaminhado para o Hospital do Trabalhador para receber atendimento.

A confusão nos arredores do Estádio Couto Pereira teria ocorrido em virtude de três ônibus e uma van com torcedores do Corinthians terem passado sem escolta pela rua em que fica a sede de uma das torcidas organizadas do Coritiba. Segundo as autoridades locais, que concederam entrevista coletiva na sequência, os corintianos foram de encontro com os coxas-brancas com intenção de brigar.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade