3 eventos ao vivo

Corinthians torce por novas ofertas por Paulinho e tenta evitar impostos

24 jun 2013
13h05
atualizado às 13h38
  • separator
  • 0
  • comentários

O Corinthians está muito próximo de acertar a proposta de 20 milhões de euros (pouco mais de R$ 59 milhões) do Tottenham pelo volante Paulinho, mas ainda espera maximizar seu lucro no negócio. O clube do Parque São Jorge pede que a parte que lhe cabe - 50% - seja livre de impostos e, enquanto o negócio não é concretizado, torce para que novos interessados façam ofertas oficiais.

<p>Volante corintiano pode receber novas propostas nos pr&oacute;ximos dias</p>
Volante corintiano pode receber novas propostas nos próximos dias
Foto: Ricardo Matsukawa / Terra

"Tudo pode acontecer", resumiu Duílio Monteiro Alves, diretor adjunto de futebol da agremiação alvinegra, confirmando que os ingleses colocaram na mesa o valor estipulado na cláusula de rescisão do contrato do jogador. "São 20 milhões, é o número da multa. Com esse valor, o Corinthians não tem muito o que fazer."

O que dá para fazer é esperar que outros clubes que demonstraram interesse, como a Inter de Milão, façam um último esforço para acertar com Paulinho. Com isso, além da briga salarial, seria possível que um deles subisse a oferta além da multa ou topasse o pedido alvinegro de impostos livres.

Como possui 50% dos direitos econômicos do atleta - a outra metade é do Audax -, o time paulista tem direito a 10 milhões de euros na transação. No entanto, com impostos em 17%, o clube perderia 1,7 milhão de euros (R$ 5 milhões) já na operação, algo que a diretoria tenta evitar.

Essas questões deverão ser resolvidas na semana que vem, quando Paulinho retornar da Seleção Brasileira. "Ele sabe da proposta, mas pediu que a gente esperasse porque ele está em um momento importante na Copa das Confederações. A competição já está acabando, tudo será resolvido em breve", explicou Duílio.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade