PUBLICIDADE
Logo do

Corinthians

Meu time

Corinthians sofre com desfalques e vai precisar de tempo para se ajustar

Timão teve sua segunda atuação ruim desde que os reforços começaram a chegar, mas é preciso entender o contexto para não se precipitar nas análises sobre o trabalho

13 set 2021 07h03
| atualizado às 07h03
ver comentários
Publicidade

O Corinthians não teve boas atuações nos últimos dois jogos mesmo com quase todos os reforços integrados, mas é preciso entender que as coisas não acontecem dessa forma e o futebol real não é igual ao do vídeo game, em que as peças se encaixam instantaneamente. Por essas e outras, apesar dos "tropeços" recentes, fica claro que o "novo Timão" precisa de mais tempo.

Corinthians vai precisar de tempo para encaixar as novas peças que chegaram (Foto: Rodrigo Coca/Ag. Corinthians)
Corinthians vai precisar de tempo para encaixar as novas peças que chegaram (Foto: Rodrigo Coca/Ag. Corinthians)
Foto: Lance!

TABELA

GALERIA

No empate em 1 a 1 com o Atlético-GO, fora de casa, temos que levantar em conta o desfalque de seis jogadores importantes, quase todos eles titulares, sendo que um deles foi sacado de última hora, atrapalhando todo o planejamento de Sylvinho. Falamos do caso de Willian, que foi vetado pela Anvisa e seria titular. Além de Gil, Jô, Renato Augusto, Adson e Luan.

Qualquer time com essas perdas, mesmo aqueles já "prontos", teriam problema para encaixar. Mesmo assim, o Timão conseguiu sair na frente com Gabriel Pereira, que aproveitou a oportunidade para deixar sua marca com um golaço. O sistema defensivo, no entanto, acabou vacilando no fim e o empate veio em um gol que acabou gerando muita reclamação dos corintianos.

Alguns problemas foram repetidos em comparação com o empate em 1 a 1 com o Juventude, na última semana. Entre eles a dificuldade de pressionar a troca de passes do adversário e a falta de inspiração nas jogadas de ataque, que coletivamente não funcionaram. Mais uma vez o time acabou dependendo de um lance individual, como aconteceu no belo gol de falta de Róger Guedes.

É possível entender a ânsia da torcida para que as coisas se encaixem rapidamente, mas está bem claro que Sylvinho ainda precisará de tempo para ajustar este "novo Corinthians". São novos jogadores, que precisam se readaptar ao futebol brasileiro e ao próprio time, que vinha se ajeitando e terá de passar por uma reformulação para a entrada dessas novas peças.

Além disso, não podemos esquecer que Renato Augusto, Róger Guedes, Giuliano e Willian estavam há muito tempo sem jogar oficialmente, e precisarão recuperar a forma física ideal e o ritmo de jogo, que são fatores que não são resolvidos de uma hora para outra. Tanto é que Renato já foi preservado da partida contra o Atlético-GO por conta de uma sobrecarga no adutor da coxa.

Obviamente a equipe precisa melhorar e muito, pois até aqui decepcionou e teve uma queda de desempenho em relação ao que vinha mostrando. No entanto, continua invicta há seis jogos no Brasileirão, ocupando a sexta posição na tabela, ou seja, os resultados estão bons e a posição na tabela é bastante interessante. Com isso, há espaço e tranquilidade para trabalhar essas novas adições ao elenco, que tendem a melhorar a condição na temporada.

Lance!
Publicidade
Publicidade