0

Corinthians se reapresenta nesta quinta; veja o que mudou no Timão

3 jan 2019
08h06
  • separator
  • comentários

A temporada de 2019 começa para o Corinthians nesta quinta-feira, data da reapresentação do elenco e comissão técnica após as férias de dezembro. Pela frente, o Timão tem 17 dias de pré-temporada no Centro de Treinamentos Joaquim Grava até a estreia no Campeonato Paulista contra o São Caetano, na Arena.

Desde o início do recesso até aqui, muita coisa mudou na equipe do Parque São Jorge. A começar pela comissão técnica: após retrospecto ruim de quatro vitórias em 19 jogos, Jair Ventura foi demitido pela diretoria e abriu espaço para o retorno de Fábio Carille, detentor de três títulos (um Campeonato Brasileiro e dois Paulistas) com a camisa do clube.

No que diz respeito a reforços, o Corinthians teve uma janela de transferências movimentada. Além das contratações anunciadas antes do final da temporada (casos de Gustavo Mosquito, Michel Macedo, André Luis e Richard), o Timão confirmou a chegada de Ramiro, ex-Grêmio, além de ter negociação avançada por Junior Sornoza e o atacante Mauro Boselli, que vem para suprir a principal carência da equipe em 2018.

Apesar dos acordos concluídos com sucesso, outras tentativas de contratações não tiveram final feliz. Diego Tardelli e Thiago Neves eram sonhos distantes, mas o zagueiro Leandro Castán, do Vasco, e o atacante Luan, do Atlético-MG, estiveram realmente próximos de fechar com o time paulista. No entanto, as conversas com as demais partes envolvidas em tais negociações não evoluíram.

O Corinthians também conta com o retorno de diversos atletas que estavam emprestados para outros clubes em 2018. Enquanto alguns jogadores serão novamente emprestados (casos de Camacho, novamente repassado ao Atlético-PR, e Guilherme, com destino ao Bahia), outros devem ser aproveitados pela comissão técnica corintiana. O atacante Gustagol, artilheiro do Fortaleza no ano passado, é exemplo de jogador a ser utilizado nesta temporada.

Quanto às saídas, o Timão teve despedidas tanto na comissão técnica quanto no elenco. Além de Jair Ventura, Osmar Loss também disse adeus ao Corinthians e acertou negócio com o Guarani, assinando contrato para treinar o Bugre em 2019. Em campo, os experientes Vilson e Danilo não tiveram contrato renovado - o meia, ídolo da equipe do Parque São Jorge, já definiu o Vila Nova-GO como sua nova casa para a temporada.

Além deles, Matheus Matias (Ceará), Paulo Roberto (Fortaleza) e Mantuan (Ponte Preta) foram negociados por meio de empréstimo. A saída definitiva ficou por conta do goleiro Matheus Vidotto, que após caso de indisciplina, acertou com o Figueirense até o fim de 2019.

Fora das quatro linhas, o Corinthians também passou por mudanças. Apesar do diretor financeiro Matias Romano de Ávila esbanjar confiança na assinatura de um patrocínio master para 2019, Luis Paulo Rosenberg, diretor de marketing, esfriou a empolgação da torcida. De concreto, mesmo, houve o fechamento de acordo com a empresa de bebidas Poty, que irá estampar sua logomarca nos shorts dos jogadores corintianos.

Além da questão de patrocínio, o Timão fechou parceria com a IBM, empresa especializada em tecnologia. A companhia vai assumir, dentre outras coisas, a gestão do Fiel Torcedor, programa de sócios da equipe. A meta dos norte-americanos é dobrar o número de associados do time do Parque São Jorge. O contrato firmado entre as partes tem duração de 10 anos.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • comentários
publicidade