PUBLICIDADE
Logo do

Corinthians

Favoritar Time

Corinthians está disposto a envolver jovens na negociação para ter Yuri Alberto, do Zenit, da Rússia

Conversas para contratar atacante de 21 anos estão avançadas; Mantuan e Ivan podem entrar na transação como moedas de troca

25 jun 2022 - 12h21
(atualizado às 16h30)
Ver comentários

O Corinthians parece cada vez mais próximo de ter Yuri Alberto, do Zenit, como seu novo reforço. A equipe do Parque São Jorge mudou a estratégia de negociações com os russos e buscará ter o brasileiro no time sem usar a cláusula Fifa sobre a guerra entre Rússia e Ucrânia. Para isso, dois jogadores alvinegros seriam envolvidos na negociação: o meia Gustavo Mantuan e o goleiro Ivan.

Os trâmites entre os clubes estão esquentando e evoluíram nos últimos dias. Uma reunião ainda na tarde deste sábado poderá definir as negociações. O atacante de 21 anos com passagens por Santos e Internacional já está no Brasil, onde passa férias. O Corinthians, no entanto, ainda não confirmou os avanços para a compra do jogador. Vítor Pereira tem resolvido as faltas do elenco internamente. A diretoria não faz promessas, mas tem segurado suas contas para tentar reforçar o time.

Concentrados para a partida deste sábado contra o Santos, o meia Mantuan e o goleiro Ivan ainda precisariam aceitar as propostas para que o negócio ocorra. O meia Mantuan já foi sondado pelo clube russo nos tempos de categorias de base do Corinthians. O envolvimento do jogador foi exigência do técnico Sergey Semak para continuidade das negociações por Yuri Alberto.

A informação de que os jovens Mantuan e Ivan serão cedidos ao Zenit foi dada pelo jornalista Fábio Aleixo, que vive na Rússia. O Corinthians ainda tem uma conversa com os atletas para acertar os detalhes.

Uma cláusula da Fifa prevê que jogadores que atuam por times dos países envolvidos no conflito em Rússia e Ucrânia, em guerra há quatro meses, possam ter contratos suspensos até junho de 2023 e cada time pode ainda ter até dois atletas no elenco com essas condições. O clube paulista já usou desse recurso para ter Maycon, jogador do Shakhtar Donetsk, da Ucrânia. Desse modo, sobra uma "vaga" a ser preenchida com outra contratação usando a cláusula de guerra.

Balbuena é um dos nomes cotados para ocupar o espaço também, mas nada está resolvido ainda. O Corinthians encara o Santos pela 14ª rodada do Campeonato Brasileiro na Neo Química Arena, às 19h deste sábado. Se ganhar, o time de Itaquera terá o mesmo número de pontos do líder Palmeiras.

Estadão
Publicidade
Publicidade