PUBLICIDADE
Logo do

Corinthians

Favoritar Time

Comissão técnica do Corinthians aposta em um time forte nas disputas de mata-mata

Empate com reservas do modesto Always Ready não tira otimismo do corpo técnico para a sequência da temporada

27 mai 2022 08h52
| atualizado às 08h53
ver comentários
Publicidade

O empate diante do time reserva do Always Ready não acabou com o otimismo de Filipe Almeida, auxiliar técnico de Vitor Pereira, que suspenso não pôde comandar a equipe do banco de reservas, para o futuro do Corinthians tanto na Copa Libertadores como na Copa do Brasil ou no Campeonato Brasileiro.

"A equipe tem mostrado consistência. Estamos preparando a equipe para esses momentos de mata-mata. Acredito que estamos no caminho certo para esse momento onde os adversários são mais fortes. Nosso objetivo era passar dessa fase. O Vítor disse, inicialmente, que era um grupo equilibrado. Não conseguimos o objetivo principal de passar em primeiro, mas passamos. Vamos lutar em cada eliminatória para ir, passo a passo, ganhando os jogos", disse Filipe.

Nem mesmo o baixo rendimento ofensivo na Libertadores, com apenas cinco gols em seis jogos, abalou a confiança do auxiliar técnico. "Estamos tentando melhorar, temos consciência disso, nesse último terço, na definição. Com a qualidade dos jogadores que temos, com o tempo, vamos conseguir marcar mais gols. Temos sido consistentes. Um dos objetivos primários é não sofrer, para depois marcar."

O Corinthians só volta a jogar na Libertadores daqui um mês. Até lá o time de Parque São Jorge vai disputar sete partidas pelo Brasileirão e o primeiro será neste domingo, em casa, diante do América-MG. A equipe alvinegra lidera o campeonato nacional, com 14 pontos, dois a mais que São Paulo, Palmeiras, Atlético-MG e Botafogo.

Estadão
Publicidade
Publicidade