PUBLICIDADE
Logo do

Corinthians

Favoritar Time

Com um a menos na reta final, Corinthians segura empate contra o Boca e fica perto da vaga

Cantillo e Vítor Pereira foram expulsos, e o Timão conseguiu importante ponto contra o Boc Juniors na Libertadores

18 mai 2022 00h04
| atualizado às 00h04
ver comentários
Publicidade

Pela quinta rodada da fase de grupos da Libertadores, Boca Juniors e Corinthians empataram em 1 a 1, nesta terça-feira (17), na Bombonera. Com o resultado, o Timão encaminhou a sua classificação na Libertadores, mas ainda não a garantiu. O que pode acontecer ainda essa semana, caso o Always Ready, da Bolívia, vença o Deportivo Cali.

Foto: ALEJANDRO PAGNI / AFP
Foto: ALEJANDRO PAGNI / AFP
Foto: Lance!

O Timão saiu na frente com o primeiro gol da carreira de Du Queiroz, mas cedeu o empate no fim do primeiro tempo, com gol marcado por Dario Benedetto.

A partida também ficou marcada pela confusão entre os jogadores das duas equipes, que culminou na expulsão do meia Cantillo e do técnico Vítor Pereira, ambos do Timão.

VÍTOR PEREIRA DESVENDA ESCALAÇÃO

Existia uma grande incógnita na escalação inicial do Corinthians, que foi a campo com três zagueiros e Lucas Piton fechando uma linha de cinco jogadores na fase defensiva, na ausência de uma lateral-direito, já que Fagner e João Pedro estão contundidos e Rafael Ramos não está inscrito na Libertadores.

O Timão alternava cinco defensores, em um 5-2-3, na fase defensiva, e uma saída com três zagueiros, em um 3-4-3, quando tinha a bola.

JOGO COMEÇA PEGADO

A partida começou muito pegada na parte central, com o Boca buscando um pouco mais o jogo, mas parando em um esquema defensivo sólido do Timão.

RESPOSTA COM GOL DE ESTREANTE

Na primeira chegada do Corinthians ao ataque, o time alvinegro abriu o placar, com o primeiro gol de Du Queiroz como profissional. Escanteio foi cobrado por Maycon pela esquerda, a bola foi rebatida pela defesa, sobrou pra Du na entrada da área, que ajeitou para Raul Gustavo e recebeu de volta para batendo seco, no canto esquerdo do goleiro do Boca.

Du Queiroz está em seu segundo ano como profissional, atuou em diversos posições, se tornando um coringa no Timão e foi premiado com o primeiro gol sendo marcado no lendário estádio da Bombonera.

BOCA PRESSIONA MAS É POUCO EFETIVO

Se o Boca já tinha mais a bola, o gol do Corinthians fez com que os xeneizes tivesse que pressionar ainda mais. E ainda que tivesse a superioridade na posse de bola, a equipe argentina criava pouco. E quando conseguia era no erro do Timão, como quando Maycon perdeu a bola e Varela acionou Benedetto que chutou para fora.

BENEDETTO EMPATA PARA O BOCA

No fim do primeiro tempo, já aos 41 minutos, o Boca conseguiu o empate com um velho conhecido da torcida brasileiro. Se em 2018 o atacante Dario Benedetto foi algoz do Palmeiras, foi a vez dele marcar contra o Corinthians. Advincula colocou a bola na área, Raul Gustavo afastou, Maycon perdeu no alto e a bola sobrou para o centroavante xeneize bater firme no canto direito do goleiro Cássio.

BOCA VOLTA MELHOR

Se no primeiro tempo o Boca não levou muito perigo para o gol corintiano, em seis minutos do segundo tempo a equipe argentina chegou obrigou Cássio fazer duas grandes defesas, em chutes de Eduardo Salvio e Frank Fabra - o segundo teve o impedimento marcado posteriormente.

MARCA RAUL

As principais chegadas do Boca paravam no zagueiro Raul Gustavo, que mostrou muita vontade e segurou as ofensivas do time argentino.

CONFUSÃO GERA EXPULSÃO DUPLA NO CORINTHIANS

Aos 20 minutos do segundo tempo, o lateral-esquerdo do Corinthians, Fábio Santos, caiu e o goleiro Cássio colocou a bola para fora. O atacante do Boca, Dario Benedetto, não quis devolver, e iniciou uma confusão generalizada, pois a equipe argentina não exerceu o fair play. Cantillo acertou Pol Fernández sem a bola, e integrantes da comissão técnica corintiana e invadiram o campo. O saldo foi a expulsão do meia colombiano e o técnico do Timão, Vítor Pereira. Raul Gustavo tomou cartão amarelo no tumulto e está fora do jogo contra o Always Ready.

BOCA FAZ PRESSÃO, MAS SEM EFETIVIDADE

Com uma a mais em campo, o Boca novamente foi para cima, mas, assim como no primeiro tempo exerceu pouco perigo. A melhor chance foi uma finalização para fora de Zambrano.

BOCA JUNIORS (ARG) 1 X 1 CORINTHIANS

QUINTA RODADA - GRUPO E - LIBERTADORES

Local: La Bombonera, Buenos Aires-ARG

Data e hora: 17 de maio de 2022, às 21h30

Árbitro: Christian Ferreyra (URU)

Assistentes: Nicolas Taran (URU) e Marin Soppi (URU)

Cartões amarelos: Renato, Mantuan, Robson Bambu (COR)

Cartões vermelhos: Cantillo e Vítor Pereira (COR)

Gols: Du Queiroz (15'/1ºT) (0-1) e Benedetto (42'/1ºT) (1-1)

BOCA JUNIORS

Rossi; Advíncula, Zambrano, Izquierdoz e Fabra; Pol Fernández, Varela e Óscar Romero; Salvio, Benedetto e Zeballos. Técnico: Sebastián Battaglia

CORINTHIANS

Cássio; Robson Bambu, João Victor e Raul Gustavo; Lucas Piton, Maycon, Du Queiroz, Willian e Fábio Santos; Mosquito e Jô. Técnico: Vítor Pereira

Lance!
Publicidade
Publicidade