PUBLICIDADE
Logo do

Corinthians

Meu time

Com Fagner e Roni machucados, Sylvinho ganha novas preocupações no Corinthians

Jogadores saem contundidos de empate com o Atlético Goianiense; Renato Augusto e Giuliano também preocupam

13 set 2021 05h10
| atualizado às 05h10
ver comentários
Publicidade

Ainda não deve ser no domingo que Sylvinho contará com o grupo completo do Corinthians para uma rodada do Brasileirão. O treinador ganhou novas preocupações na equipe, que enfrentará o América-MG na Neo Química Arena, com as lesões sofridas por Fagner e Roni no empate com o Atlético-GO por 1 a 1 em Goiânia.

De acordo com o clube paulista, o lateral-direito sofreu uma contratura no pescoço. Por isso, foi substituído ainda no intervalo da partida por Du Queiroz. Roni, por sua vez, apresenta um trauma no joelho direito. O meio-campista será reavaliado nesta segunda-feira. Vitinho foi o substituto de Roni na capital goiana.

Após a partida, Sylvinho evitou projetar as possíveis baixas. Mas demonstrou satisfação com a performance apresentada pelos substitutos. "Fagner teve lesão, bloqueou a cervical, Du respondeu bem, com potência e personalidade. Assimilando ideias, ideias com a cara do Corinthians. Feliz por ele", comentou.

Fagner e Roni se juntam ao meia Adson como preocupações para a comissão técnica. "O Adson teve uma situação mais complexa, gerou problema no joelho. Está se recuperando, em transição. Ainda está em quadro de dor. Pouco a pouco, temos colocado ele no campo. Ainda não respondeu para estar 100%", disse Sylvinho.

Outro que requer atenção é Renato Augusto. Um dos principais reforços da equipe para a temporada, o volante foi preservado no domingo. De acordo com o treinador, o veterano não inspira maiores preocupações.

"Ele teve uma sobrecarga no adutor. Estamos construindo. Vamos com cuidado com o Renato e com os demais. Entramos num segundo turno, estamos qualificando o grupo. A construção não é do dia para noite. Nos permitimos essas trocas. A intenção é sempre contar com atleta saudável. Gerou preocupação e vamos deixá-lo para a próxima semana", explicou.

O cuidado deve ser o mesmo com Giuliano, que deixou a partida demonstrando muito cansaço e até cãibras. Foi substituído por Araos. "O Giuliano chegou e fez (alguns) jogos, cada um tem sua construção", disse Sylvinho, ao apontar que o meia ainda precisa recuperar sua forma física ideal.

Estadão
Publicidade
Publicidade