0

CBF anuncia datas e Corinthians terá de correr para ter Jô contra o Palmeiras

13 jul 2020
18h57
atualizado às 18h57
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

A escalação de Jô pelo Corinthians no clássico contra o Palmeiras, dia 22 de julho, deve depender apenas de Tiago Nunes e do próprio jogador. Isso porque a Confederação Brasileira de Futebol definiu nesta segunda-feira os novos períodos da janela de transferências para clubes brasileiros registrarem atletas que estavam no exterior.

Primeira janela

De 20 de julho a 7 de agosto.

Segunda janela

9 de outubro a 9 de novembro

Desta maneira, o Corinthians terá de agir muito rápido, pois Jô terá de aparecer no Boletim Informativo Diário (BID) da CBF até às 19h do dia 21 de julho, véspera do Derby, na Arena, pela 11ª e penúltima rodada do Campeonato Paulista.

Ou seja, o Corinthians terá aproximadamente 43 horas para fazer todo o processo, que implica em registrar o centroavante no BID e, após isso, correr com a inscrição do camisa 77 no Paulistão .

A possibilidade foi revelada pela Gazeta Esportiva em junho. A expectativa cresceu depois que a Federação Paulista de Futebol flexibilizou o regulamento da competição e autorizou novas inscrições de jogadores ainda para a primeira fase, em função dos transtornos causados pela pandemia do coronavírus.

Jô não entra em campo desde o dia 7 de dezembro de 2019. Na última temporada, o atacante conviveu com lesões e marcou apenas oito gols em 37 partidas pelo Nagoya Grampus-JAP, seu ex-clube. O ano anterior foi melhor para o brasileiro, que salvou o time do rebaixamento com 24 gols em 37 jogos.

A equipe do Parque São Jorge não vence há seis rodadas no Paulistão, é apenas a 10º colocada na classificação geral, com 11 pontos, só dois pontos a mais que a Ponte Preta, primeiro membro da zona de rebaixamento.

As chances de classificação também são remotas, pois o Guarani já soma 16 pontos e o Bragantino 17 pontos. A Ferroviária fecha o grupo D com os mesmos 11 pontos do Timão.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade