1 evento ao vivo

Cássio não vê problema com jogo truncado da ida: "Cada um defendendo o seu"

8 ago 2020
06h45
atualizado às 06h45
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

O Corinthians decide o Campeonato Paulista neste sábado contra o Palmeiras no Allianz Parque. No primeiro jogo, as equipes empataram por 0 a 0, em duelo com poucas chances reais de gol e protagonismo dos homens de frente.

Para Cássio, a disputa seguiu o esperado para um clássico decisivo: jogo equilibrado e truncado, com "cada um defendendo o seu".

"É uma final, um clássico, muito se foi falado nos bastidores sobre o clássico. Tivemos duas chances de gols, Palmeiras teve as suas chances também. É um jogo equilibrado", contou o goleiro em entrevista coletiva virtual feita na última sexta-feira.

"Entendo que de repente a pessoa que for assistir o jogo quer ver dez chances para cada logo, quer que o jogo seja 5 a 5, mas não é assim que funciona. É uma rivalidade e creio que foi um jogo truncado, disputado, mas acho que em nenhum momento foi desleal. Cada um defendendo o seu lado, até porque estamos em uma final", discorreu.

Jogando em casa, o Timão foi mais perigoso no jogo de ida, mas sem grande produção. O Alvinegro finalizou seis vezes, quatro na direção certa e com duas chances reais: batida de Ramiro dentro da área após enfiada de Luan e finalização de Vital para grande defesa de Weverton.

O Palmeiras, por outro lado, não teve nenhuma chance clara para marcar, finalizou até mais que o rival, oito vezes, mas acertou apenas um no gol.

"Sem querer menosprezar nada, eu não sei (das críticas) porque não tenho visto muita coisa. A gente não tem muito tempo, é o campeonato que recomeçou, um jogo atrás do outro, curto tempo - temos descansado bastante, treinado bastante, tentado ver bastante coisa que o professor passa para a gente, para corrigir e evoluir", encerrou Cássio.

Para a decisão, Tiago Nunes deverá mandar a campo: Cássio; Fagner, Gil, Danilo Avelar e Carlos; Gabriel, Éderson (Cantillo), Luan e Ramiro; Mateus Vital e Jô.

As equipes entram em campo às 16h30 (Brasília). Com o 0 a 0 do jogo de ida, qualquer vitória garante o título e qualquer empate leva a decisão para os pênaltis.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade