0
Logo do Corinthians
Foto: Daniel Augusto Jr / Agência Corinthians

Corinthians

Cássio convoca torcida e Danilo fala em "guerra" contra o Vasco

15 nov 2018
10h33
  • separator
  • comentários

O Corinthians estacionou nos 40 pontos. E sábado, em Itaquera, enfrentará justamente o Vasco, seu concorrente mais próximo na tabela de classificação, com 39 pontos. A torcida já comprou cerca de 20 mil ingressos de forma antecipada, mas Cássio não perdeu a oportunidade de fazer a convocação da Fiel para a decisão que se tornou o duelo da 35ª rodada do Campeonato Brasileiro.

"Temos de nos unir. Mais uma vez continuar chamando a torcida, sábado, lá (em Itaquera), contra o Vasco, empurrar o time. Confronto direto, se conseguirmos a vitória, dá um… não dá tranquilidade, mas a gente precisa, tem de unir força e fazer o que for preciso para sábado", discursou o goleiro, que nessa quarta não poupou gritos e palavrões para cobrar seus companheiros.

"É para ajudar. Tudo é valido. Quando acaba o jogo é todo mundo junto, e naquela situação é a maneira que dá. Estádio grande, torcida gritando, não dá para pedir por favor. Não é para achar culpado. Eu grito e todo mundo grita", explicou.

Danilo, outro líder do grupo corintiano, não escondeu a responsabilidade da equipe diante dos vascaínos e foi outro a ter discurso contundente mediante a tensão contra o rebaixamento.

"Sábado é uma guerra, e uma guerra em casa, contra um concorrente direto, mas vamos com os pés no chão e responsabilidade", concluiu o experiente e sempre sereno jogador.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade