0

Carille vê clássico igual, mas põe vaga 10% mais perto do Corinthians

5 abr 2019
13h05
atualizado às 13h27
  • separator
  • comentários

O técnico Fábio Carille falou nesta sexta-feira pela primeira e última vez sobre a preparação da equipe antes de encarar o Santos, na segunda-feira, pela volta da semifinal do Campeonato Paulista. Sempre respeitoso com o adversário, o comandante fez questão de igualar forças para o clássico, como costuma fazer nas prévias dos grandes jogos, mas reconheceu um leve favoritismo pela vantagem obtida no primeiro jogo, 55% contra 45% do rival.

"Vamos falar em 55% (de chances) para o Corinthians. É uma vantagem pequena, mas importante em um momento de decisão", comentou o treinador, que derrotou o adversário na primeira partida, na Arena, pelo placar de 2 a 1. Com isso, o Timão precisa apenas de um empate no tempo normal para avançar à decisão do torneio.

"Isso vai cair muito em cima das minhas respostas quando eu falo em cima de clássico. Não tem campo, em casa ou fora o respeito é o mesmo. O que comanda é dentro do campo", avaliou Carille, lembrando que, por mais que a equipe possa desempenhar um bom futebol, o que vai ficar marcado é o resultado final.

"Quando eu fui para um jogo contra o Palmeiras e fui fechado, sem conjunto nenhum, se eu perco eu sou retranqueiro, se eu ganho eu sou um gênio. Igual aconteceu agora contra o Ceará. É muito simples avaliar assim", concluiu o comandante.

A preocupação com a equipe é tamanha que Carille fechou a meia hora final do treino nesta sexta-feira e antecipou na coletiva que os trabalhos de sábado e domingo não contarão com a presença da imprensa.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • comentários
publicidade