4 eventos ao vivo

Carille revela frustrações com pausa da Copa América

"Falei muito dessa parada, sim, mas não falei que poderiam me cobrar em momento algum. Infelizmente, a parada não foi como eu queria", disse

14 jul 2019
18h59
atualizado às 19h47
  • separator
  • 0
  • comentários

Fábio Carille revelou que a intertemporada do Corinthians não foi como planejava. Ansioso pela pausa para a disputa da Copa América para ajustar sua equipe, o comandante alvinegro até venceu nessa volta ao Brasileirão, neste domingo, contra o CSA, por 1 a 0, mas se esquivou ao ser questionado se agora o Timão poderia ser cobrado pelo desempenho abaixo das expectativas.

"Falei muito dessa parada, sim, mas não falei que poderiam me cobrar em momento algum. Infelizmente, essa parada não foi como eu queria, tive que trazer meninos sub-17 para treinar com o profissional. Se soubesse que teríamos esses problemas, não teria feito os jogos, ficaria só no CT", disse Carille.

O técnico do Corinthians, Fábio Carille
O técnico do Corinthians, Fábio Carille
Foto: Marcello Zambrana/Agif / Estadão Conteúdo

Durante as três semanas de intertemporada, Carille não conseguiu trabalhar o setor ofensivo, o mais criticado da equipe, por conta de desfalques importantes. Jadson não esteve à disposição do treinador corintiano durante toda a pausa para a Copa América, fazendo um trabalho específico para aguentar a carga dos jogos que estão por vir. Gustagol sofreu com incômodos na coxa direita e também esteve ausente nas atividades. Reforço vindo do Fluminense, Everaldo também não esteve presente em alguns treinos, fazendo fortalecimento muscular.

"Com Gustavo, Everaldo, Clayson, jogadores que não tive nessas últimas semanas, os treinos de ataque foram afetados. O único momento em que me preocupei foi em 2017, quando tinha que ganhar até par ou ímpar. Depois, não tive mais essa preocupação. Aproveitei o Vila Nova para olhar o Pedrinho por dentro, não gostei. Talvez com um outro conjunto, com Everaldo aberto, Pedrinho por dentro possa dar uma resposta melhor", prosseguiu.

Apesar de todos os percalços, Carille saiu satisfeito com o desempenho de sua equipe na vitória por 1 a 0 sobre o CSA neste domingo. Ainda que o Corinthians não tenha encantado no ataque, criou o suficiente para merecer somar três pontos no Campeonato Brasileiro.

"Hoje foi bom, criamos, vimos Sornoza perto da área, Urso fazendo combinações com Fagner e Pedrinho. Essa está sendo minha busca. Hoje demos um passo importante, temos uma semana para trabalhar antes de Flamengo, Sul-Americana e Fortaleza. Não fizemos gols, mas criamos. Tínhamos dificuldades para criar, mas hoje conseguimos criar mais do que o normal", concluiu.

Veja também

 

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade