2 eventos ao vivo

Carille destaca atuação da dupla de zaga e vê "muitos" abaixo da média

9 abr 2019
07h27
  • separator
  • comentários

O técnico Fábio Carille já usou muitas das suas entrevistas para defender sua dupla de zaga, bancada apesar dos gols sofridos pelo clube na temporada em jogadas de bola aérea. Depois da classificação contra o Santos, na segunda-feira, ele usou o bom desempenho de Manoel e Henrique diante da pressão rival para apontar a dupla como uma das poucas boas atuações individuais do Timão.

"Avelar fez um bom jogo, os dois zagueiros fizeram bom jogo. (Urso) foi um dos poucos que sobressaíram. Quando você tem quatro, cinco jogadores abaixo, isso preocupa", observou o treinador, bastante chateado com o alto número de passes errados no embate do Pacaembu.

Para Carille, o que pesa são as diversas mudanças ocorridas na pré-temporada, motivos de um começo mais conservador na temporada, ajustando a defesa e buscando corrigir falhas em jogadas de bola aérea. Além disso, são elas que provocam a oscilação da equipe.

"Quase todos têm algumas mudanças, vai ter dificuldade. A gente tem 17 jogadores diferentes dentro de um grupo, é uma mudança muito grande. E para isso você precisa repetir, treinar", observou, citando um exemplo de jogo em que o clube sofreu com a bola parada, mas soube travar o rival com bola rolando.

"Temos alternado bons jogos, jogos ruins, jogos que você concentra bem, como o do Palmeiras, que ganhamos de 1 a 0 lá, gol do Avelar, e não sofremos com a bola nos pés deles. Só em uns lances de bola parada. Hoje (segunda) já não, sofremos com a bola rolando também", concluiu.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade