PUBLICIDADE
Logo do

Corinthians

Meu time

Camacho cobra mais de R$ 1 milhão do Corinthians na Justiça

Após ser liberado de graça para o Santos, volante tenta receber do ex-clube valores atrasados de FGTS e de férias que ainda não foram pagos

17 set 2021 19h17
| atualizado às 20h15
ver comentários
Publicidade

Camacho acionou o Corinthians na Justiça do Trabalho para cobrar pouco mais de R$ 1,2 milhão. O valor é composto por uma série de variáveis relacionadas a depósitos de FGTS não realizados e pagamentos de férias também não cumpridos pelo clube do Parque São Jorge. A informação foi publicada inicialmente pelo  site Meu Timão e confirmada pela Gazeta Esportiva.

Camacho durante treinamento do Santos no CT Rei Pelé; jogador processou o Corinthians
Camacho durante treinamento do Santos no CT Rei Pelé; jogador processou o Corinthians
Foto: Ivan Storti/Santos FC

O volante tinha vínculo com Corinthians até dezembro de 2022, mas, em junho deste ano, a direção alvinegra aceitou liberar Camacho para o Santos.

O interesse do rival no futebol do jogador ganhou força com o desejo do atleta de sair da equipe que vinha defendendo. A diretoria corintiana enxergou ali a possibilidade de reduzir a folha salarial do elenco, e aceitou fazer o negócio sem nenhuma compensação financeira.

A única "vantagem" do Corinthians nesta negociação com o Santos foi ter permanecido com 20% dos direitos econômicos do jogador, que tem 31 anos de idade.

Com a camisa do Corinthians, Camacho fez 123 jogos, marcou três gols e conquistou três títulos: dois  do Campeonato Paulista, em 2017 e 2018, e um do Brasileirão, em 2017.

Entre 2018 e 2019, o volante atuou pelo Athletico-PR, por empréstimo, tendo o salário pago pelo Corinthians integralmente naquele período.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Publicidade
Publicidade