0

Corinthians e Grêmio têm pior "custo-benefício" do BR 2018

Levantamento feito pelo Terra mostra os clubes que precisaram de mais valor no elenco para conquistar seus pontos no Campeonato Brasileiro

7 dez 2018
09h00
  • separator
  • comentários

Corinthians, Grêmio e Flamengo foram os clubes que tiveram o valor dos elencos mais caros com relação ao número de pontos que conquistaram dentro do Campeonato Brasileiro de 2018. O levantamento feito pelo Terra mostra que as três equipes foram as únicas dentro das 20 do Brasileirão a ter um plantel cujo valor divido por ponto obtido fica acima de R$ 5 milhões, levando em consideração informações financeiras cadastradas no site Transfermarkt, no início do torneio nacional, em abril deste ano*.

Com um elenco valendo aproximadamente R$ 255 milhões de reais, o Corinthians - que foi dirigido por Fábio Carille, Osmar Loss e Jair Ventura durante o Brasileirão -, conquistou 44 pontos durante as 38 rodadas do torneio, terminando na 13ª colocação. Para cada um desses pontos obtidos, o clube alvinegro precisou, em valor de plantel, de R$ 5,7 milhões, o "preço" mais alto dentro das equipes do Campeonato Brasileiro

O elenco do Corinthians é o pior em "custo-benefício": é o que tem maior valor com relação aos pontos que conquistou no Brasileirão 2018
O elenco do Corinthians é o pior em "custo-benefício": é o que tem maior valor com relação aos pontos que conquistou no Brasileirão 2018
Foto: Henrique Barreto / Futura Press

No caso do Grêmio, o plantel de jogadores, no início de abril, valia R$ 368 milhões. Apesar de mais caro que o Corinthians, o elenco do time de Renato Gaúcho teve um melhor desempenho em pontos: conquistou 66, ficando na 4ª colocação do Brasileirão. Isso significou que, para cada ponto, o tricolor gaúcho precisou ter posse de R$ 5,5 milhões. Em uma situação semelhante, vem o Flamengo, que tinha um elenco de R$ 394 milhões no começo do Campeonato Brasileiro, mas com o vice-campeonato, e seus 72 pontos, acabou precisando de R$ 5,4 milhões em valor de grupo para cada ponto obtido.

O campeão Palmeiras, por sua vez, no começo do Brasileirão deste ano tinha um elenco com preço fixado em R$ 354 milhões. Com sua campanha de 80 pontos, conseguiu diluir o valor de seu grupo. O "custo-benefício" do time alviverde ficou em décimo quarto no ranking do do Campeonato Brasileiro, necessitando de R$ 4,426 milhões em plantel para cada um dos pontos conquistados. A equipe, que foi comandada por Roger Machado, e terminou o torneio com Luiz Felipe Scolari ficou na frente de times como Vasco (15°) e Santos (16°).

A campanha vitoriosa no Campeonato Brasileiro do Palmeiras, que conquistou 80 pontos, fez o time ficar em sétimo no "ranking do custo-benefício"
A campanha vitoriosa no Campeonato Brasileiro do Palmeiras, que conquistou 80 pontos, fez o time ficar em sétimo no "ranking do custo-benefício"
Foto: MARCELO MACHADO DE MELO/FOTOARENA / Estadão Conteúdo

A equipe com o melhor "custo-benefício", em que conquistou mais pontos com o menor preço de elenco, foi a do Ceará. O clube nordestino precisou apenas de R$ 2,1 milhões para cada um dos 44 pontos que obteve no Brasileirão deste ano. Esse desempenho do time comandado pelo técnico Lisca foi crucial para sua permanência na primeira divisão do Campeonato Brasileiro.

Veja o ranking do "custo-benefício":

1° - Ceará - R$ 2.153.454,55 em valor de elenco por ponto

2° - Sport - R$ 2.256.000,00 em valor de elenco por ponto

3° - Atlético-PR - R$ 2.361.824,56 em valor de elenco por ponto

4° - América-MG - R$ 2.416.960,00 em valor de elenco por ponto

5° - Botafogo - R$ 2.442.039,22 em valor de elenco por ponto

6° - Paraná - R$ 2.606.191,30 em valor de elenco por ponto

7° - Bahia - R$ 2.692.666,67 em valor de elenco por ponto

8° - Vitória - R$ 2.697.686,49 em valor de elenco por ponto

9° - Chapecoense - R$ 2.733.818,18 em valor de elenco por ponto

10° - Fluminense - R$ 3.061.333,33 em valor de elenco por ponto

11° - Internacional - R$ 3.436.614,49 em valor de elenco por ponto

12° - Atlético-MG - R$ 3.667.525,42 em valor de elenco por ponto

13° - São Paulo - R$ 4.074.666,67 em valor de elenco por ponto

14° - Palmeiras - R$ 4.426.800,00 em valor de elenco por ponto

15° - Vasco - R$ 4.453.953,49 em valor de elenco por ponto

16° - Santos - R$ 4.578.560,00 em valor de elenco por ponto

17° - Cruzeiro - R$ 4.649.056,60 em valor de elenco por ponto

18° - Flamengo - R$ 5.481.777,78 em valor de elenco por ponto

19° - Grêmio - R$ 5.579.636,36 em valor de elenco por ponto

20° - Corinthians - R$ 5.798.545,45 em valor de elenco por ponto

 

Veja também:

Fonte: Equipe portal

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade