PUBLICIDADE

Comentarista da ESPN diz que entende quem não toma vacina

Paulo Antunes comentava situação de atletas que se recusaram a receber imunizante e agora estão com problemas nas ligas norte-americanas

16 out 2021 00h43
| atualizado às 08h45
ver comentários
Publicidade

O comentarista Paulo Antunes viralizou na última sexta-feira após comentar a situação de atletas das ligas norte-americanas que não estão se vacinando contra o covid-19 e, por isso, foram afastados das disputas, como o armador Kyrie Irving. No programa ESPN League, o jornalista do grupo Disney afirmou que entende a vontade destes jogadores pela velocidade do desenvolvimento do imunizante.

Paulo Antunes é comentarista de esportes das ligas norte-americanas no grupo Disney (ESPN / Arquivo)
Paulo Antunes é comentarista de esportes das ligas norte-americanas no grupo Disney (ESPN / Arquivo)
Foto: Lance!

"Eu respeito. Se ele não quiser tomar a vacina, ele não toma. Eu acho que as pessoas precisam colocar no corpo delas o que elas acham que é certo. Se é uma vacina que vai funcionar ou não, depende, a vacina faz mal? A gente não sabe, porque geralmente demoram muitos e muitos anos de testes para aprovar uma vacina, e foi um negócio muito rápido aqui. Então eu consigo entender esse pensamento", disse o comentarista.

Depois da fala, Paulo Antunes e até seus companheiros de bancada foram criticados nas redes sociais. Alguns internautas reclamaram do posicionamento do comentarista e ressaltaram os números da pandemia do Covid-19 no Brasil.

"Gosto muito do Paulo Antunes, ele é de longe o melhor comentarista de esportes americanos da ESPN, entende muito de NFL e basquete. Mas falar isso aqui é decepcionante, com tudo o que passamos é uma vergonha após mais de 600 mil mortes por covid no Brasil", escreveu um fã do comentarista.

"Ninguém interromper a fala dele me incomoda demais...", indagou outro internauta.

"Totalmente absurdo. Espero que a ESPN se posicione", escreveu outro internauta.

"Eu até entenderia esse pensamento dele, mas só se fosse o caso de pessoas passando mal, ou morrendo após terem recebido a vacina, mas literalmente milhões de pessoas tomaram a vacina, algumas tiveram reações leves, nem sequer centenas de pessoas tiveram problemas graves", disse uma pessoa nos comentários.

No Twitter, alguns internautas também saíram em defesa do comentaristas. "Primeira vez que vejo alguém ser criticado por respeitar a opinião do outro. Realmente o mundo está ao avesso", disse um internauta. "Não vi absolutamente nada de mais na fala, sinceramente", escreveu outro.

"Vocês podem não concordar com a fala dele, mas entendam, o Paulo Antunes não é antivacina, pois ele tomou a Janssen, e ainda está esperando a dose de reforço que pode ser liberada nos EUA", comentou um outro internauta.

Por meio da sua conta no Twitter, Paulo Antunes se pronunciou após a repercussão da sua declaração. O comentarista disse que tomou a vacina e que acredita na ciência.

"Boa noite a todos! O Paulo Antunes é vacinado. Muito obrigado pela preocupação, mas estou bem. Acredito na ciência. Podem dormir em paz. Ele também é a favor do investimento na educação", escreveu Paulo Antunes.

Veja abaixo o vídeo de Paulo Antunes e os comentários originais.

Lance!
Publicidade
Publicidade