PUBLICIDADE
Logo do

Chapecoense

Favoritar Time

Sport celebra aniversário com vitória sobre a Chapecoense e lidera a Série B

Luciano Juba, aos 12 minutos do primeiro tempo, marca tento solitário da partida

13 mai 2022 23h52
| atualizado às 23h52
ver comentários
Publicidade

No dia em que comemorou 117 anos de sua fundação, o Sport venceu a Chapecoense , por 1 a 0, nesta sexta-feira à noite, na Arena Condá, na cidade de Chapecó (SC) pela sétima rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. A vitória deixou o Leão da Ilha com 14 pontos, assumindo de forma provisória a liderança, acima de Bahia e Cruzeiro, ambos com 13 pontos e que ainda vão atuar neste fim de semana. O time baiano e a equipe mineira, únicos com chances de tomar a ponta, jogam apenas no domingo.

Esta foi a primeira vitória do Sport fora de casa. Mas na Ilha do Retiro, a direção do clube reuniu cerca de 1500 torcedores para acompanhar o jogo num telão. De outro lado, a Chapecoense sofreu sua segunda derrota em Chapecó, onde ainda não venceu - tem ainda dois empates. Mas continua com nove pontos, brigando no meio da tabela.

O Sport aproveitou o início de estudos para abrir o placar aos 12 minutos. Luciano Juba cobrou falta em curva perto da linha da grande área e a bola entrou no canto direito do goleiro Vagner, que armou muito mal a barreira. A bola passou pelo lado de fora da barreira. Juba é o artilheiro do time na temporada, com oito gols, três deles na Série B.

Na frente, o time pernambucano recuou e administrou o jogo. A Chapecoense chegou com perigo somente aos 39 minutos, quando Lucas Hernández perdeu a bola que sobrou pra o chute com efeito de Maranhão. Maílson saltou e a bola explodiu na trave direita e voltou no meio da área, onde ficou pipocando.

No segundo tempo, a Chapecoense experimentou trocar seu ataque. O auxiliar Fabiano Xhá esteve no banco no lugar de Gilson Kleina, que suspenso, assistiu o jogo de um camarote. Coube ao interino promover as entradas de Claudinho e Derek nos lugares, respectivamente, de Lima e Maranhão. O time não melhorou e pouco incomodou a defesa pernambucana.

Mesmo sem se arriscar ao ataque, o Sport quase ampliou aos 35 minutos quando Luciano Juba invadiu a área pelo lado esquerdo e cruzou para o outro lado. Na pequena área, Kayke estava sozinho, mas bateu em baixo da bola e ela subiu, perdendo um gol feito. O mesmo Kayke teve outra chance aos 47 minutos, quando tentou cruzar, a bola desvio em Matheus Bianqui e tocou no pé da trave, indo depois para escanteio.

Na próxima terça-feira, o Sport já entra em campo pela oitava rodada. Estará na cidade de Novo Horizonte (SP) para enfrentar o Novorizontino, a partir das 21h30. A Chapecoense vai enfrentar o Vila Nova, na quinta-feira, ás 19h, em Goiânia (GO).

FICHA TÉCNICA

CHAPECOENSE 0 X 1 SPORT

CHAPECOENSE - Vagner; Ronei (Tiago Real), Léo, Xandão e Fernando; Betinho, Mateus Bianqui e Lima (Claudinho); Maranhão (Derek), Rodrigo Varanda (Jonathan) e Orejuela (Chrystian). Técnico: Fabiano Chaves (auxiliar).

SPORT - Maílson; Ewerthon, Rafael Thyere, Sabino e Lucas Hernández (Chico); Bruno Matias, William Oliveira, Jaderson (Giovanni), Everton Felipe (Thiago Lopes) e Luciano Juba (Vanegas); Búfalo Parraguez (Kayke). Técnico Gilmar Dal Pozzo.

GOL - Luciano Juba, aos 12 minutos do primeiro tempo.

ÁRBITRO - André Luiz de Castro (GO)

CARTÕES AMARELOS - Everton Felipe (Sport).

RENDA - R$ 78.355,00

PÚBLICO - 3.402 pagantes

LOCAL - Arena Condá, em Chapecó (SC).

Estadão
Publicidade
Publicidade