3 eventos ao vivo

João Ricardo, goleiro da Chape, comprova inocência em caso de doping

2 jul 2020
12h29
atualizado às 12h29
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

O goleiro João Ricardo, da Chapecoense, conseguiu provar sua inocência em relação à acusação de doping contra ele, incialmente feita em abril de 2019.

Após a partida contra o Mixto/MT, pela Copa do Brasil, o exame do jogador de 31 anos apontou o uso de substância proibida, e o Tribunal de Justiça Desportiva Antidopagem o suspendeu de maneira preventiva desde então.

Na quarta-feira da semana passada, o julgamento decidiu pela absolvição do goleiro, que recebeu apenas uma advertência pela situação e agora está liberado para voltar aos gramados.

"Extremamente aliviado e feliz com o fim dessa situação. Foi um pesadelo que jamais imaginei passar. Sempre fiz tudo dentro das normas e com orientação de profissionais. O que aconteceu, na verdade, foi uma contaminação cruzada do suplemento que eu uso", afirmou João Ricardo.

"Felizmente agora tudo acabou, foi praticamente um ano inteiro correndo atrás de provas, para que tudo desse certo no julgamento e eu conseguisse comprovar a minha inocência", completou.

A Chape segue se preparando para o reinício do Campeonato Catarinense. Na próxima quarta-feira, dia 8 de julho, a equipe retorna já em clássico contra o Avaí, na Arena Condá.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade