PUBLICIDADE
Logo do

Chapecoense

Favoritar Time

Criciúma vence a Chapecoense de virada e conquista primeira vitória como visitante pela Série B

10 jun 2022 - 23h36
Ver comentários

Nesta sexta-feira, o Criciúma venceu a Chapecoense de virada por 3 a 2, em duelo válido pela 11ª rodada da Série B, na Arena Condá. Léo abriu o placar para a Chape e ampliou com gol contra de Rayan. O Tigre conseguiu a virada com Claudinho, Vagner (contra) e Marquinhos Gabriel.

Com o resultado, a Chapecoense perdeu a oportunidade de se afastar da zona do rebaixamento e fica com 12 pontos, na 16ª posição. Já o Criciúma chega a 16 e vai à sexto lugar na tabela.

Pela próxima rodada, a Chapecoense visita o Bahia, na Arena Fonte Nova, às 19 horas (de Brasília) de terça-feira. Já o Criciúma recebe o Brusque, na próxima sexta-feira, no mesmo horário.

Primeiro tempo

Na primeira chance de bola parada a Chape abriu o placar. Tiago Real cobrou falta na área e Léo desviou para o fundo da rede. Não demorou muito e a equipe de Gilson Kleina ampliou. Perotti tocou para Derek, que mandou na área e contou com um desvio em Rayan para fazer o segundo. Buscando diminuir, o Criciúma marcou com Claudinho, de fora da área.

A partir disso, os visitantes pressionaram a Chape, levando perigo ao gol de Vagner, que precisou fazer duas grandes defesas após chutes de Rafael Bilu para salvar a equipe do empate. Melhor na partida, o Criciúma chegou a deixar tudo igual com Caio Dantas, mas após revisão do VAR, o lance foi anulado por impedimento.

Segundo tempo

O Criciúma voltou do intervalo com um ritmo parecido com o dos minutos finais do primeiro tempo e finalmente alcançou o empate aos sete minutos. Marcelo Hermes aproveitou passe de Rodrigo, cruzou na área e a bola desviou no zagueiro Léo e bateu na cabeça de Vagner antes de morrer no fundo da rede.

Aos 15, Marquinhos Gabriel marcou o gol da virada. Ele foi para a área, perdeu a bola, mas recuperou próximo à pequena área e chutou para fazer o terceiro. Na sequência, Rafael Bilu tentou, mas Vagner se esticou e fez a defesa. A Chape tentou recuperar, mas não conseguiu levar mais perigo.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Publicidade
Publicidade