0

Chapecoense avança em disputa de 'Momento Esportivo' do Prêmio Laureus

Clube brasileiro disputa categoria inédita no 'Oscar do Esporte'

24 jan 2020
11h31
atualizado às 11h52
  • separator
  • 0
  • comentários

A Chapecoense ficou mais perto de conquistar mais um prêmio Laureus, considerado o Oscar do esporte. Nesta sexta-feira, o clube avançou na disputa da categoria " Momento Esportivo 2000-2020", novo prêmio que reúne os vencedores da categoria "Momento Esportivo" das 19 edições anteriores do Laureus, que completa 20 anos em 2020.

A Chapecoense concorre ao prêmio como os "Eternos Campeões", em referência ao amistoso que homenageou as vítimas do acidente aéreo ocorrido em novembro de 2016. Na partida, em agosto de 2017, o zagueiro Alan Ruschel voltou ao campo defendendo a Chapecoense contra o Barcelona. Ele jogou os primeiros 35 minutos da partida antes de ser substituído e foi aplaudido de pé. O episódio rendeu o prêmio ao clube brasileiro na premiação de 2018.

Na primeira etapa, a Chapecoense competiu com outros 19 "momentos" e avançou em disputa resolvida através da escolha popular. Agora, na segunda etapa, o clube catarinense compete com outros nove "momentos".

E, novamente, a disputa será por votação popular, através deste link. Começará no dia 3 de fevereiro. Os cinco mais votados vão para a disputa final, cujo resultado será divulgado somente na própria cerimônia de premiação, marcada para o dia 17 de fevereiro, em Berlim, na Alemanha.

Se a Chapecoense chegar à final, o Brasil terá três representantes na importante premiação. E isso porque Ítalo Ferreira, atual campeão mundial de surfe, e Rayssa Leal, a Fadinha, vice-campeã mundial de skate street, de apenas 11 anos, estão entre os seis finalistas da categoria "Melhor Atleta de Ação" na temporada passada.

Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade