9 eventos ao vivo

Botafogo visita Chapecoense em confronto direto para fugir do Z4

14 nov 2018
20h01
atualizado em 15/11/2018 às 09h21
  • separator
  • 0
  • comentários

O Botafogo visita a Chapecoense, nesta quinta-feira, na Arena Condá, em Chapecó (SC), a partir das 17 horas (de Brasília), em um confronto direto pela 34ª rodada do Campeonato Brasileiro. As duas equipes lutam contra o rebaixamento. Os catarinenses, embalados pela vitória de 1 a 0 sobre o Santos em São Paulo, estão ainda na zona da degola com 37 pontos, com quatro a menos que o Glorioso, que ganhou novo fôlego com dois triunfos consecutivos: 1 a 0 contra o Corinthians e 2 a 1 no clássico com o Flamengo.

Zé Ricardo, comandante do Botafogo, conseguiu fazer seu discurso de que o risco do rebaixamento ainda é um perigo entrar na cabeça de seus comandados. "Não conseguimos afastar o perigo ainda, pois precisamos de mais pontos. O importante é seguirmos encarando cada partida como uma final e a próxima decisão será contra a Chapecoense. Se conseguirmos a terceira vitória seguida as coisas podem sim se abrir para nós definitivamente", disse o meia chileno Leonardo Valencia.

Sobre o adversário estar na zona de rebaixamento, o fato não empolga os alvinegros. "Trata-se de um jogo muito perigoso pois a Chapecoense, apesar de estar brigando na zona de rebaixamento, costuma ser muito forte quando joga dentro de casa. O time conquistou vitórias importantes como mandante, ganhando inclusive de times que estão brigando pelo título nacional, como o Inter. Será um jogo com características de muita pegada e temos que estar em um grande dia se quisermos atingir os nossos objetivos. Um triunfo praticamente coloca fim ao risco de rebaixamento e nos dará uma tranquilidade para o que está por vir nesta reta final",  disse Matheus Fernandes.

Em termos de escalação o Botafogo tem desfalques. O lateral-esquerdo Gilson, com dores na panturrilha esquerda, foi vetado e Moisés assume o posto. O técnico Zé Ricardo perdeu o volante Rodrigo Lindoso, suspenso por ter sido advertido com o terceiro cartão amarelo contra o Flamengo. Como Jean, está se recuperando de dores na coxa esquerda e não viajou, Gustavo Bochecha assume o posto.

Pelo lado da Chapecoense, o técnico Claudinei Oliveira realizou um treino aberto para a torcida, pois exigiu pouco de seus jogadores, que atuaram na segunda-feira. "Não temos como trabalhar muito o aspecto tático e físico com pouco tempo. Portanto, temos que contar com o apoio da torcida. Isso sim é algo que sempre incentiva o plantel", disse o treinador.

Os jogadores esperam o estádio lotado após a diretoria reduzir o preç dos ingressos. "O apoio do torcedor faz toda a diferença e espero que ele esteja ao nosso lado nesta quinta", afirmou o goleiro Jandrei.

Para este jogo, Claudinei perdeu um titular importante: o volante Márcio Araújo, suspenso por acúmulo de cartões amarelos, fica de fora. Elicarlos assume o posto.

No primeiro turno do Campeonato Brasileiro as duas equipes se enfrentaram no Estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro (RJ), e naquela ocasião o Botafogo ganhou por 1 a 0. Marcinho marcou o único gol do confronto.

FICHA TÉCNICA

CHAPECOENSE-SC X BOTAFOGO-RJ

Local: Arena Condá, em Chapecó (SC)

Data: 15 de novembro de 2018 (Quinta-feira)

Horário: 17h(de Brasília)

Árbitro: Luiz Flávio de Oliveira (SP)

Assistentes: Emerson Augusto de Carvalho (Fifa-SP) e Miguel Cataneo Ribeiro da Costa (SP)

CHAPECOENSE: Jandrei, Eduardo, Douglas, Fabrício Bruno e Bruno Pacheco; Amaral, Elicarlos, Héctor Canteros e Doffo; Leandro Pereira e Wellington Paulista

Técnico: Claudinei Oliveira

BOTAFOGO: Gatito Fernández, Marcinho, Joel Carli, Igor Rabello e Moisés; Gustavo Bochecha, Matheus Fernandes, Luiz Fernando e Leonardo Valencia; Erik e Brenner

Técnico: Zé Ricardo

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade