PUBLICIDADE
Logo do

Chapecoense

Meu time

Atacante Bruno Silva assume nervosismo em primeira entrevista coletiva da carreira

Jogador formado na Chapecoense também elogiou relação construída com o técnico Pintado e o carinho que sente do torcedor

24 set 2021 14h24
| atualizado às 14h24
ver comentários
Publicidade

Na tarde desta sexta-feira (24), o atacante Bruno Silva viveu uma situação inusitada em sua carreira profissional: concedeu a sua primeira entrevista coletiva. Experiência essa que o jogador não escondeu seu nervosismo chegando até a fazer uma brincadeira sobre o grau de tensão:

Jogador é natural de Carazinho, interior do RS (Divulgação/Chapecoense)
Jogador é natural de Carazinho, interior do RS (Divulgação/Chapecoense)
Foto: Lance!

- Eu fiquei muito nervoso, parece jogo de Libertadores, meu Deus do céu.

Aos poucos se soltando a cada questionamento, o avante de 21 anos de idade assumiu estar bastante feliz com a sequência de partidas emendada neste ano e credita parte disso a boa relação que construiu com o técnico Pintado:

- Para mim está sendo muito bom esse tempo que o professor está me dando. Espero ajudar a minha equipe como estou fazendo por muito mais jogos. Ele (Pintado) é um cara muito gente boa, eu me identifico com ele e ele também comigo. Eu gosto dele pra caramba. Desde que eu estive no profissional eu nunca trabalhei com um cara assim. Graças a ele eu estou conseguindo desempenhar o meu melhor futebol.

O atleta de 21 anos de idade também fez uma espécie de "declaração" ao clube e ao torcedor da Chape, clube que é o único defendido por ele até então desde as categorias de base:

- O carinho é muito grande pelo torcedor da Chape. Nós temos uma ligação muito forte e eu sei da história do clube. É um time que nunca desiste, por isso a Chapecoense está no meu DNA.

Lance!
Publicidade
Publicidade