PUBLICIDADE
Logo do

Chapecoense

Meu time

Após quase dois anos de ausência, Henrique Almeida garante: 'Não sinto dor, estou 100%'

Centroavante que atuou em derrota da Chapecoense contra o Fortaleza preferiu não falar se alimenta a expectativa de permanecer no clube

21 out 2021 14h08
| atualizado às 14h08
ver comentários
Publicidade

Mesmo com resultado desfavorável para a Chapecoense, o centroavante Henrique Almeida teve um grande motivo para comemorar pelo simples fato de poder retornar a uma partida oficial depois de 20 meses afastado por lesão.

Henrique Almeida durante treino no CT Água Amarela (Márcio Cunha/Chapecoense)
Henrique Almeida durante treino no CT Água Amarela (Márcio Cunha/Chapecoense)
Foto: Lance!

O jogador, que precisou de todo esse período para conseguir uma plena recuperação do seu rompimento do tendão de Aquiles quando defendia o Goiás, assegurou em palavras publicadas pelo site 'Futebol Interior' que não teve qualquer tipo de incômodo ou queixa sobre dores em seu retorno.

Tendo acordo junto a Chape válido até o próximo mês de dezembro que não inclui um pagamento salarial compatível ao restante do plantel, colocado sob o molde de um auxílio moradia, Henrique preferiu não fazer maiores especulações se já pensa na prorrogação do atual vínculo.

Isso porque, para ele, o mais importante é se concentrar na reta final do Campeonato Brasileiro onde a equipe vive uma situação extremamente delicada pensando em seguir na elite nacional:

- O acordo é que eu faria a parte final do tratamento e uma ajuda de custo, um auxílio-moradia. Fizemos o contrato até dezembro e se ambas as partes quiserem para o ano que vem podemos conversar. Não falamos sobre isso ainda. Estamos focados nessa reta final.

- Não sinto dor, estou 100%. Tento ajudar da melhor forma possível, com um pouco de experiência, orientando dentro e também fora de campo, conversando com os mais jovens - assegurou.

Lance!
Publicidade
Publicidade