PUBLICIDADE
Logo do

Chapecoense

Meu time

Após nova derrota no Brasileirão, Chapecoense demite o técnico Jair Ventura

Treinador deixa a equipe catarinense na lanterna sem ter conquistado nenhuma vitória no torneio

2 ago 2021 14h48
| atualizado às 14h48
ver comentários
Publicidade

A Chapecoense anunciou oficialmente nesta segunda-feira, 2, a demissão do técnico Jair Ventura. A situação do treinador ficou insustentável com a sequência negativa no Campeonato Brasileiro. O treinador deixa o clube na lanterna, sem ter vencido uma partida sequer.

Além do treinador, o auxiliar técnico Emílio Faro, o analista de desempenho Antônio Macedo e o preparador físico Ricardo Rodrigues também encerram os seus vínculos. A partir de agora, o comando da equipe ficará a cargo da comissão técnica permanente, com o profissional Felipe Endres exercendo a função de treinador interino.

Jair Ventura chegou para substituir Mozart Santos, que deixou o clube após perder a final do Campeonato Catarinense. Foram 14 jogos, sendo 13 no Brasileirão e um na Copa do Brasil. Foram quatro empates e 10 derrotas, com um aproveitamento de apenas 9,5%.

O treinador chegou a afirmar, logo após o duelo contra o Santos, que a Chapecoense estava no caminho certo. "Temos que assistir so jogo de novo, ver a performance. Estamos no caminho certo, mas sem resultado. Temos que aliar o quanto antes. Quem avalia o futebol, vê que a Chapecoense está com um bom futebol, mas não está sendo efetiva", disse.

Jair Ventura, em mais de uma oportunidade, deixou claro que não pediria demissão da equipe catarinense, mas a diretoria resolveu bater o martelo nesta segunda-feira, após reunião ainda na noite de domingo.

A Chapecoense tem quatro pontos, na lanterna do Brasileirão. O primeiro fora da degola é o Cuiabá, com 13. O próximo desafio será contra o Grêmio, em Porto Alegre, na próxima segunda-feira, às 20 horas, pela 15.ª rodada.

Estadão
Publicidade
Publicidade