0
Logo do Ceará
Foto: Christian Alekson / Ceará

Ceará

Ataque marca, Inter quebra tabu contra Ceará e cola no G-4

11 jul 2017
22h41
atualizado às 22h55
  • separator
  • comentários

Na noite desta terça-feira, o Internacional derrotou o Ceará por 2 a 0, na Arena Castelão, e quebrou o tabu de nunca ter vencido o time alvinegro em Fortaleza. Os gols do clube colorado foram marcados pelos atacante William Pottker e Nico López, ainda no primeiro tempo. Com o resultado, o Inter alcança os 21 pontos e sobe para a 5ª posição, já o Ceará permanece com 18 pontos e cai para 7º colocação.

Foto: LC Moreira / Futura Press

Pela primeira vez desde que chegou ao Inter (em 10 jogos), o técnico Guto Ferreira repetiu a escalação do time colorado. O Ceará também repetiu a equipe que atuou na última rodada.

O jogo - A partida começou com o Ceará buscando mais o ataque e tentando criar oportunidades enquanto o Internacional estudava o adversário, buscando, neste primeiro momento, os contra-ataques.

O duelo já passava dos 10 minutos iniciais quando o Internacional abriu o placar no primeiro ataque. Cláudio Winck cobrou lateral para Edenílson, que invadiu a área, foi até o fundo da área em direção ao gol e cruzou para William Pottker. A bola bateu nas coxas do atacante e foi para o fundo das redes. O gol encerrava a seca de gols dos atacantes colorados, que durou seis jogos.

O Ceará tentou responder com Roberto. O jogador fez fila e chutou na entrada da área. A bola desviou em Edenílson e saiu raspando a trave do goleiro Danilo Fernandes.

Foto: LC Moreira / Futura Press

O Inter chegou ao segundo gol com um golaço de Nico López. Após cobrança de escanteio de D'Alessandro, Cláudio Winck chutou e Éverson fez uma grande defesa. No rebote, William Pottker finalizou livre e dessa vez Éverson defendeu com o pé. A bola sobrou para Nico López que, de fora da área, emendou uma bomba no ângulo, sem chances para Éverson.

O Inter quase marca o terceiro com William Pottker. O jogador foi lançado dentro da área, dominou com a perna direita e chutou com a esquerda, mas a bola explodiu no travessão.

A primeira boa chegada do Ceará aconteceu apenas aos 39 minutos. Roberto fez jogada pela direita e cruzou para a área e Pedro Ken subiu livre cabeceando no canto direito de Danilo Fernandes. O goleiro chegou a se jogar na bola, mas ela saiu pela linha de fundo, perto da trave.

No último lance do primeiro tempo, aos 47 minutos, Rafael Carioca recebeu na esquerda, passou por Cláudio Winck e chutou cruzado. A bola passou rente ao travessão e balançou a rede pelo lado de fora.

Foto: LC Moreira / Futura Press

Segundo tempo - O técnico Marcelo Chamusca fez modificações no time para o segundo tempo. O treinador tirou o atacante Roberto e colocou meia Cafu. Já, Guto Ferreira retornou do vestiário com a mesma equipe que terminou a primeira etapa.

Mesmo com a vantagem no placar, o Internacional voltou tocando bastante a bola, fazendo o tempo correr. Como o time do Ceará dava muitos espaços, o time colorado conseguia fazer boas tabelas perto da área adversário.

Aos 9 minutos, Cafu chutou com força de fora da área obrigando o goleiro Danilo Fernandes a fazer boa defesa. A bola ia sobrando na área, mas o zagueiro Klaus apareceu para colocar para a linha de fundo. A torcida do Ceará ligou sinalizadores e o árbitro paralisou o jogo aos 14 minutos do segundo tempo. A partida ficou três minutos sem bola rolar.

Aos 18 minutos, com Magno Alves, o Vozão teve outra boa chance. Mais uma vez de fora da área, o atacante chutou forte rasteiro para a boa defesa do goleiro Danilo Fernandes. O time da casa tentava crescer e pressionar o Inter, mas não conseguia transformar as jogadas em gol.

Foto: LC Moreira / Futura Press

O Inter teve a oportunidade de ampliar o marcados ao 27 minutos. O lateral Cláudio Winck recebeu belo passe de Rodrigo Dourado, entrou livre na área, mas tentou encobrir o goleiro Éverson. A tentativa colocou a bola facilmente nas mãos do arqueiro.

O time colorado apostava bastante nos lançamentos com o atacante surgindo por trás da zaga. Numa oportunidade Diego entrou livre na área, driblou o goleiro e se atrapalhou com a bola. Na volta do arqueiro, o atacante caiu na área e pediu pênalti.

Aos 43 minutos, William Pottker cruzou para a área e Fabinho apareceu como elemento surpresa para cabecear. A bola passou rente ao poste. Apesar dos 5 minutos de acréscimos, nada mudou no placar final.

O Ceará volta a campo contra o Juventude, no Estádio Castelão, no sábado, às 19h (de Brasília), pela 14ª rodada da Série B. Já, o Internacional encara o CRB, no Estádio Rei Pelé, às 16h30 (de Brasília).

FICHA TÉCNICA

CEARÁ 0 X 2 INTERNACIONAL

Local: Estádio Castelão, em Fortaleza (CE)

Data: 11 de julho de 2017, terça-feira

Horário: 20h30 (de Brasília)

Árbitro: Leandro Bizzio Marinho (SP)

Assistentes: Danilo Ricardo Simon Manis e Miguel Cataneo Ribeiro da Costa (Ambos de SP)

GOLS

Internacional: William Pottker, aos 11 minutos do primeiro tempo; Nico López, aos 19 minutos do primeiro tempo

CARTÕES AMARELOS

Ceará: Rafael Pereira, Elton

Internacional: Felipe Gutiérrez, Victor Cuesta, Edenílson, Diego, Uendel, Cláudio Winck

CEARÁ: Éverson; Tiago Cametá, Rafael Pereira, Luiz Otávio, Rafael Carioca; Raul (Elton), Richardson, Pedro Ken (Lelê), Ricardinho; Roberto (Cafu) e Magno Alves.

Técnico: Marcelo Chamusca

INTERNACIONAL: Danilo Fernandes; Cláudio Winck, Klaus, Victor Cuesta, Uendel; Edenílson, Rodrigo Dourado, Felipe Gutiérrez (Fabinho), D'Alessandro (Juan); William Pottker e Nico López (Diego)

Técnico: Guto Ferreira

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade