2 eventos ao vivo
Logo do Brasileiro Série B
Foto: terra

Brasileiro Série B

Inter perde para o Ceará em dia de recorde no Beira-Rio

28 out 2017
19h44
atualizado às 20h58
  • separator
  • comentários

Neste sábado, o Ceará surpreendeu o Internacional, no estádio Beira-Rio, e venceu pelo placar de 1 a 0, pela 32ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. O único gol da partida foi marcado por Élton. O resultado coloca o time alvinegro na vice-liderança da competição, com 58 pontos. O Colorado segue líder, com 61.

Jogadores do Ceará comemora o gol marcado por Élton, que acabou dando a vitória ao time sobre o Inter, em Porto Alegre.
Jogadores do Ceará comemora o gol marcado por Élton, que acabou dando a vitória ao time sobre o Inter, em Porto Alegre.
Foto: Dudu Contursi/Futura Press

A torcida fez a parte dela e bateu o recorde de público do Inter na Série B, com mais de 38 mil torcedores presentes. Contudo, o Vozão fez valer a tradição de ser um visitante indigesto em Porto Alegre. Em quatro jogos no Beira-Rio, o Ceará venceu três vezes.

Cerca de 38 mil torcedores lotaram o Beira-Rio neste sábado.
Cerca de 38 mil torcedores lotaram o Beira-Rio neste sábado.
Foto: Ricardo Rímoli/ Agif/Gazeta Press

O dia também foi histórico para o meia D'Alessandro. O argentino completou 387 partidas atuando com a camisa do Internacional e se igualou a Falcão, outro ídolo do torcedor colorado.

Os dois times voltam a campo na próxima sexta-feira, dia 3 de novembro, às 19h15 (de Brasília), pela 33ª rodada da Série B. No Beira-Rio, o Internacional recebe o CRB. Não muito longe dali, no Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul, o Ceará visita o Juventude.

Inter insistiu no ataque, mas não conseguiu furar a defesa do Ceará.
Inter insistiu no ataque, mas não conseguiu furar a defesa do Ceará.
Foto: Ricardo Rímoli/ Agif/Gazeta Press

O JOGO

A primeira oportunidade de gol foi do Internacional. No lance, o argentino D'Alessandro recebeu na esquerda de ataque, aplicou o drible e cruzou para a área. O zagueiro Luiz Otávio, tentou afastar, mas cabeceou para trás e quase marcou contra. A bola bateu na parte superior da rede pelo lado de fora do campo.

Os dois times marcavam muito no meio, cometiam diversas faltas e erravam muitos passes, fatores que não deixavam o jogo fluir. Além disso, as duas equipes apostavam muito em ligações diretas para o ataque, que raramente geravam perigo ao gol adversário.

Aos 22 minutos, o Ceará chegou com perigo. O atacante Elton recebeu no meio de campo, carregou a bola e observou que o goleiro Danilo Fernandes estava adiantado. O jogador arriscou uma finalização de fora da área. A redonda passou perto do ângulo esquerdo.

Aos 35, o atacante Roberson sofreu falta perto da área adversária. D'Alessandro foi para a cobrança e bateu a meia altura. Contudo, a barreira abriu e a bola quicou antes de chegar na meta, o que atrapalhou a defesa do goleiro Éverson, que espalmou para o meio da área. Na sequência, a zaga cearense afastou.

SEGUNDO TEMPO

Logo aos 30 segundos, o Ceará armou um contra-ataque perigoso. No lance, Pio arrancou pela esquerda, chegou na entrada da área, mas chutou em cima da marcação. No rebote, Ricardinho finalizou e o goleiro Danilo Fernandes espalmou para o lado, salvando o Internacional.

Em cobrança de falta na esquerda de ataque, aos 9, o Internacional desperdiçou a chance de abrir o marcador. D'Alessandro cobrou e William Pottker finalizou para o goleiro Éverson espalmar. No rebote, o volante Charles cabeceou por cima da meta.

O Ceará fez o gol aos 16. O atacante Lima foi lançado na área e ao receber a bola deu um toque de letra, driblando o zagueiro Danilo Silva e ficando na cara de Danilo Fernandes. Sem ser fominha, tocou para Élton, que mandou para o fundo das redes.

Em desvantagem, o técnico Guto Ferreira fez alterações, deixando o Inter mais ofensivo na partida. O treinador tirou o volante Charles para a entrada do meia Camilo e colocou o artilheiro Nico López na vaga de Roberson.

Com as modificações, o Colorado iniciou blitz em cima do Ceará. Aos 23 minutos, D'Alessandro cruzou para a área, Eduardo Sasha deixou a bola passar e Uendel chutou para bela defesa de Éverson. No rebote, Nico López bateu com efeito e mais uma vez o arqueiro cearense fez a intervenção.

Aos 26, o meia Camilo arriscou um chute rasteiro de fora da área, a bola veio quicando e Éverson espalmou no pé de William Pottker, que concluiu na rede pelo lado de fora.

Em cobrança de escanteio, aos 32 minutos, D'Alessandro ergueu a bola na área, o goleiro Éverson afastou para a entrada da área e Uendel arriscou. A bola tinha direção certa, mas o lateral Romário colocou a cabeça salvando e mandando para novo escanteio.

Aos 40, na direita de ataque, o atacante William Pottker cruzou para a área, a bola ainda foi desviada no meio do caminho e Carlos quase conseguiu escorar para o fundo das redes, mas chegou atrasado no lance.

O Internacional pressionou muito até os 50 minutos do segundo tempo, mas o Ceará se fechou bem e conseguiu segurar o placar e a ótima vitória na luta para retornar à elite do futebol brasileiro.

 

FICHA TÉCNICA

INTERNACIONAL 0 x 1 CEARÁ

Local: Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre (RS)

Data: 28 de outubro de 2017, sábado

Horário: 17h30 (de Brasília)

Árbitro: Wagner do Nascimento Magalhães (Fifa-RJ)

Assistentes: Rodrigo Henrique Correa (Fifa-RJ) e Thiago Henrique Neto Correa Farinha (RJ)

Público: 32.977 pagantes

Renda: R$ 918.825,00

Cartões amarelos: Charles, Uendel (Internacional), Lima, Romário, Richardson (Ceará)

Gols: CEARÁ: Élton, aos 16 minutos do segundo tempo

 

INTERNACIONAL: Danilo Fernandes; Alemão, Danilo Silva, Victor Cuesta e Uendel; Charles (Camilo), Edenílson, William Pottker, D'Alessandro e Eduardo Sasha (Carlos); Roberson (Nico López)

Técnico: Guto Ferreira

CEARÁ: Éverson; Pio, Rafael Pereira, Luiz Otávio e Romário; Pedro Ken (Valdo), Ricardinho e Richardson; Leandro Carvalho (Rafael Carioca), Lima e Elton (Magno Alves)

Técnico: Marcelo Chamusca

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade