CEARÁ: Na visão de Cametá, Ceará precisa ter menos oscilação no Campeonato para chegar ao G-4.

Perform

compartilhe

publicidade