0
Logo do Seleção Brasileira
Foto: terra

Seleção Brasileira

Ronaldo diz que Copa de 2018 deve servir como aprendizado a Gabriel Jesus

14 mai 2020
22h45
atualizado às 22h45
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Um encontro entre a antiga e nova geração do ataque da Seleção Brasileira foi promovido nesta quinta-feira em uma live no Instagram. Campeão mundial em 2002, Ronaldo Fenômeno conversou com o atual camisa 9 do Brasil, Gabriel Jesus, e passou alguns conselhos ao jovem.

Gabriel Jesus em partida válida pela Copa do Mundo de 2018

O ex-palmeirense recebeu duras críticas após a Copa do Mundo de 2018, quando deixou o torneio sem marcar nenhum gol. Entretanto, para Ronaldo, isso não deve deixar com que a carreira do atual atleta do Manchester City fique abalada, pelo contrário, que isso sirva de lição para o seu futuro. O ex-jogador citou como exemplo o período em que ficou consecutivos jogos sem marcar gols pelo Barcelona.

"Eu fui inclusive vaiado jogando em casa, mas eu sempre eu tirava uma força para melhor minha performance e espero que sirva para você também, para ir mais forte para a próxima", comentou.

"Obvio que me machucou muito, o pós Copa e a questão de não ganhar, sabendo que a gente tinha um time muito muito. Infelizmente nós não encaixamos, não jogamos muito bem. Eu sou realista e entendo que eu não fui o meu melhor e isso me machucou muito. Depois de dezembro, que minha família me visitou, virei a chavinha e percebi que na vida tem coisas que não da pra voltar e explicar. Acabar saindo sem fazer gol e isso me machucou muito tanto como jogador quanto pessoa, mas o aprendizado ficou. Agora o objetivo é a próxima Copa, vou trabalhar forte", respondeu Gabriel.

Pela Seleção, Ronaldo marcou 62 gols em 98 jogos. Já Jesus tem 18 tentos em 39 partidas até o momento.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade