PUBLICIDADE
Logo do

Seleção Brasileira

Meu time

Neymar ultrapassa Pelé em jogos pela Seleção, mas faz uma das piores partidas pelo Brasil

Atualmente o quinto que mais vestiu a amarelinha, com 114 jogos, o camisa 10 da equipe de Tite passou longe de fazer grande jogo com a Seleção diante da Colômbia

11 out 2021 08h03
ver comentários
Publicidade

O empate da Seleção Brasileira por 0 a 0 contra a Colômbia, em jogo válido pelas Eliminatórias para a Copa do Mundo, rendeu muitas críticas ao time, principalmente para o ataque, que errou muitos passes e não conseguiu incomodar a defesa adversária. Neymar, estrela da Seleção, teve motivos para comemorar, pois ultrapassou Pelé no número de jogos com o Brasil e chegou as 114 partidas, se tornando o quinto que mais vestiu a amarelinha.

Foto: Lucas Figueiredo / CBF
Foto: Lucas Figueiredo / CBF
Foto: Lance!

Entretanto, ao final do jogo foi possível observar o camisa 10 sequer cumprimentar o adversário no campo e visivelmente abatido com o jogo bem abaixo que fez em Barranquilla. O retorno de Neymar para o jogo, após estar suspenso contra a Venezuela, era grande entre os torcedores, porém a ineficiência do ataque rendeu muitas críticas para o setor e a estrela do PSG.

Em entrevista ao portal 'DAZN', Neymar falou que não deve disputar mais Copas do Mundo após a edição do Qatar, em 2022, por não saber se conseguirá manter o foco no futebol e ter 'cabeça' para continuar atuando, por isso quer chegar o mais preparado possível para a Copa de 2022 no Qatar.

Após uma partida onde nem parecia que era realmente Neymar em campo, além do ataque armado por Tite mais uma vez não mostrar força diante de um adversário inferior, as criticas começam a ganhar cada vez mais peso, e mesmo com números cada vez mais expressivos, as atuações do camisa 10 tem deixado a desejar, e todos o fãs sempre esperam muito mais do craque.

Agora com 114 partidas pela Seleção, Neymar sobe uma posição na lista dos jogadores que mais vestiram a camisa do Brasil, estando atrás de Cafu, 150, Roberto Carlos, 132, e Rivellino e Daniel Alves,120.

Lance!
Publicidade
Publicidade