PUBLICIDADE
Logo do

Seleção Brasileira

Meu time

Neymar quebra 'tabu pessoal' contra a Venezuela e corre atrás de marca de Pelé na Seleção Brasileira

Camisa 10 foi o protagonista do Brasil diante da Venezuela, e mira recorde histórico de Pelé

13 jun 2021 20h36
| atualizado às 23h30
ver comentários
Publicidade

A Seleção Brasileira estreou com goleada na Copa América 2021. Os comandados de Tite venceram a Venezuela por 3 a 0 no Estádio Mané Garrincha. Mais uma vez, o craque da partida foi Neymar Jr.

Neymar fez um gol e deu uma assistência contra a Venezuela (EVARISTO SA / AFP)
Neymar fez um gol e deu uma assistência contra a Venezuela (EVARISTO SA / AFP)
Foto: Lance!

O camisa 10 do Brasil foi a liderança técnica da equipe, criando cinco ocasiões de gol para seus companheiros. Ele também teve duas boas chances de gol, e anotou o seu tento convertendo pênalti sofrido por Danilo.

O astro brasileiro pôs fim ao tabu de jamais ter marcado um gol diante da Seleção Venezuelana. Sua única atuação contra os venezuelanos havia sido na Copa América de 2011. Naquela ocasião, o jogo terminou 0 a 0.

Agora, Neymar pode colocar em seu extenso currículo com a Seleção Brasileira que já balançou as redes contra todas as seleções sul-americanas. Mas o craque corre atrás de outra importante marca com a Amarelinha.

Com 67 gols em 105 jogos oficiais pelo Brasil, ele está a 10 gols de igualar Pelé na artilharia da Seleção. O 'Rei do Futebol' lidera a lista de artilheiros da Amarelinha, com 77 gols em 92 jogos.

A importância dele para o time fica mais evidente com suas assistências. Com o passe para o gol de Gabigol hoje, ele chegou a sua 46ª assistência com a Amarelinha. Isso indica 113 participações em gol com apenas 105 jogos.

Cada vez mais protagonista no esquema tático de Tite, Neymar vêm mostrando sua veia artilheira e parece ser questão de tempo para que ele ultrapasse Pelé na artilharia da Seleção Brasileira.

Lance!
Publicidade
Publicidade