PUBLICIDADE
Logo do

Seleção Brasileira

Meu time

Infantino faz apelo por liberação de jogadores convocados e recorre a premiê britânico

25 ago 2021 11h44
| atualizado às 11h44
ver comentários
Publicidade

Nesta semana, a Premier League e a La Liga informaram que seus clubes não irão ceder atletas para as Seleções Sul-Americanas, para disputar as próximas rodadas das Eliminatórias para a Copa do Mundo, por conta da pandemia de covid-19.

A Fifa, nesta quarta-feira, divulgou uma nota onde Gianni Infantino, presidente da entidade, insiste que as equipes espanholas e inglesas permitam que seus jogadores representem suas respectivas equipes nacionais.

"Estou pedindo uma demonstração de solidariedade de cada associação membro, cada liga e cada clube, para fazer o que é certo e justo para o jogo global. Muitos dos melhores jogadores do mundo competem em ligas na Inglaterra e na Espanha, e acreditamos que esses países também compartilham a responsabilidade de preservar e proteger a integridade esportiva das competições em todo o mundo", disse.

Infantino revelou que conversou com o Primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, para que os atletas sejam liberados para participar dos jogos das Eliminatórias.

"Escrevi ao primeiro-ministro Boris Johnson e apelei pelo apoio necessário, em particular, para que os jogadores não fiquem privados da oportunidade de representar seus países em partidas de qualificação para a Copa do Mundo da Fifa, que é uma das maiores honras para um profissional jogador de futebol. Sugeri que uma abordagem semelhante à adotada pelo governo do Reino Unido para as fases finais do Euro-2020 seja implementada para os próximos jogos internacionais. Juntos, mostramos solidariedade e unidade na luta contra a covid-19", afirmou.

"Agora, estou pedindo a todos que garantam a liberação de jogadores internacionais para as próximas eliminatórias da Copa do Mundo da Fifa", enfatizou.

Os comandados de Tite enfrentam o Chile no dia 2 de setembro, em Santiago. no dia 5, recebem a Argentina, na Neo Química Arena, e por fim encaram o Peru, na Arena Pernambuco, no dia 9.

Caso as ligas da Inglaterra e da Espanha mantenham sua decisão, o Brasil terá 12 desfalques em sua lista inicial de convocados.

Confira os possíveis desfalques do Brasil:

Inglaterra:

Alisson, Fabinho e Roberto Firmino - Liverpool

Ederson e Gabriel Jesus - Manchester City

Thiago Silva -Chelsea

Fred - Manchester United

Richarlison - Everton

Raphinha -Leeds

Espanha:

Casemiro e Vinicius Jr. - Real Madrid

Matheus Cunha - Atlético de Madrid

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Publicidade
Publicidade