PUBLICIDADE
Logo do

Seleção Brasileira

Meu time

Fred revela conversa com Tite sobre posicionamento e explica primeiro gol do Brasil sobre o Uruguai

O volante também exaltou a festa da torcida em Manaus, admitiu que este foi um dos melhores jogos com a camisa da Seleção e elogiou Fabinho

15 out 2021 01h43
| atualizado às 01h45
ver comentários
Publicidade

Na noite desta quinta-feira, a Seleção Brasileira goleou o Uruguai por 4 a 1 na Arena da Amazônia, em partida válida pelas Eliminatórias para a Copa do Mundo. Dentro de campo, pode se notar o volante Fred um pouco mais presente no ataque do Brasil. Em entrevista na zona mista, o meia revelou que houve uma conversa com Tite sobre esse novo posicionamento e destacou que gosta "muito" de jogar dessa forma.

Fred recebeu uma das maiores notas do LANCE! na partida (Foto: Lucas Figueiredo/CBF)
Fred recebeu uma das maiores notas do LANCE! na partida (Foto: Lucas Figueiredo/CBF)
Foto: Lance!

- Sim, a gente conversa muito ali para esse papel como segundo volante. Na Europa, falam "Box-to-box", que acaba que você participa da saída de bola ali, consegue chegar um pouco mais no ataque. Se a equipe perde ali no ataque, você já está perto para fazer aquele perde pressiona, graças a Deus tenho essa capacidade para fazer isso. Gosto muito de jogar assim.

- No United eu jogo um pouco atrás, como primeiro volante, posso fazer também. Mas prefiro mesmo, minha posição ideal, é jogar um pouco chegando ali no ataque ajudando bastante os atacantes.

Fred também explicou o primeiro gol do Brasil sobre o Uruguai. De acordo com ele, a equipe rodou a bola pelos dois lados do campo e teve paciência para encontrar espaços. O volante ainda contou que o time tentava deixar Raphinha no mano a mano com o defensor. No entanto, conforme disse Fred, o camisa 19 estava dobrado, e Neymar teve uma movimentação "perfeita".

- Foi aquilo que falei, a gente está participando um pouco ali da construção na saída de bola, junto com a defesa. A bola rodou dos dois lados, tivemos paciência também para achar os espaços, a bola chegou no Raphinha. A gente tenta deixar ele no mano a mano.

- Acabou que a defesa dobrou e eu estava atrás. Quando ele deu o passe, eu vi a movimentação do Neymar, que também foi perfeita, e consegui achar um bom passe para ele. Foi muito boa essa assistência, foi um bom lance ali para a gente abrir o placar, o momento que estávamos no jogo.

Foi a sua melhor atuação pela Seleção Brasileira?

- Muito feliz pela vitória, foi um grande jogo de toda nossa equipe. Fizemos por merecer a vitória hoje. Acho que sim, foi uma das melhores partidas que eu fiz aqui na Seleção, participando um pouco mais do ataque, na hora de defender também, naquele perde pressiona, defendendo. Creio que foi uma grande partida de todos. To muito feliz com a minha atuação e a de todos. Temos que procurar melhorar cada dia mais.

Parceria com Fabinho

- Muito feliz. O Fabinho é um grande jogador. Infelizmente é meu rival lá na Inglaterra (risos), mas é um grande jogador, gosto muito dele. Vem jogando muito bem tanto aqui na Seleção quanto lá no Liverpool. Fico muito feliz pela partida dele, fez um grande jogo, esses dois últimos jogos também, está de parabéns. Ainda temos grandes jogadores da posição também. É muito importante essa briga sadia, deixa aquela pulga atrás da orelha do professor. Tem o Fabinho, o Casemiro, eu posso fazer, o Douglas também. Então, tem grandes jogadores nessa posição e foi muito importante essa partida para ele.

Torcida faz a diferença?

- Com toda certeza. A torcida nos apoiou a todos os momentos desde que chegamos aqui. Eles estavam no hotel nos apoiando todos os dias. Estavam aqui no estádio, casa quase cheia. Muito feliz com a volta da torcida. Esse apoio a gente tem que agradecer à torcida que veio e nos apoiou o tempo todo. Muito feliz por estarem aqui, é uma força a mais. Espero que nos próximos jogos eles estejam aqui nos apoiando novamente.

Lance!
Publicidade
Publicidade